href="https://1.bp.blogspot.com/-6gy4glK0nPk/XHGyQlw1tUI/AAAAAAADRDg/g44NPL06wLs5iJ6w2ILCd_7b2dAUxF7iACLcBGAs/s1600/na-chapa-restaurante.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;">
PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

segunda-feira, 20 de maio de 2019

IVAIPORÃ- Secretário de Estado da Saúde autoriza liberação de recursos para Hospital e Maternidade Ivaiporã

O prefeito de Ivaiporã, Miguel Amaral, esteve em Maringá, durante a interiorização do Governo do Paraná, para falar com o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto. Miguel Amaral e o médico Anderson Garcia, que integra a Associação Médica de Ivaiporã, explicaram a possibilidade de encerramento dos atendimentos realizados Hospital e Maternidade Ivaiporã – transformado no Instituto Lucena Sanchez. Beto Preto contou que foi informado pelo prefeito Miguel Amaral sobre a situação da unidade hospitalar e que a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) deve liberar o convênio do HospSus – além de iniciar repasses mensais, a partir de junho, no valor aproximado de R$60 mil. O secretário afirmou que o Governo do Estado tem interesse em ajudar e está atento às situações. Segundo o prefeito, nos próximos dias, haverá uma reunião para a direção do Hospital e Maternidade Ivaiporã tratar outros convênios na Sesa e tentar minimizar as dificuldades financeiras. Miguel Amaral agradeceu a atenção do secretário e da respectiva equipe da Secretaria de Estado da Saúde, dizendo-se feliz com o resultado do encontro. "É importante acompanhar de perto as necessidades das instituições que prestam serviços à população – por meio do SUS”, comentou o prefeito. A presença do médico Anderson Garcia foi fundamental para tratar da parte técnica. “Agradeço ao secretário Beto Preto e à equipe da Sesa por nos atender prontamente. Mesmo havendo um pedido de apoio por parte do Governo do Estado, desde o mandato do ex-governador Beto Richa, a solicitação chegou agora ao secretário de Estado, que mandou liberar", acrescentou o prefeito.

Nenhum comentário: