href="https://1.bp.blogspot.com/-6gy4glK0nPk/XHGyQlw1tUI/AAAAAAADRDg/g44NPL06wLs5iJ6w2ILCd_7b2dAUxF7iACLcBGAs/s1600/na-chapa-restaurante.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;">
PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

segunda-feira, 27 de maio de 2019

IVAIPORÃ - Município e ocupantes de imóveis públicos firmam TAC

Na quinta-feira, dia 24 de maio, foi firmado o Termo de Compromisso e Ajustamento de Conduta (TAC) entre o município de Ivaiporã e 43 moradores que ocupam irregularmente imóveis públicos. Desse total, assinaram o TAC 33 moradores – enquanto 9 não compareceram por impossibilidade de locomoção ou compromisso assumido. O TAC foi firmado após denúncia ao Ministério Público apontando suposta venda de imóveis públicos ou cobrança de aluguel por parte de terceiros. Por isso, a Prefeitura de Ivaiporã irá encaminhar um projeto de lei à Câmara de Vereadores para implantar Programa Social de Habitação Municipal e regularizar os moradores que vivem nos imóveis – desde que cumpram os requisitos necessários, tais como ter baixa renda e estar inscritos em programas sociais, como, por exemplo, Bolsa Família. Os moradores foram recebidos pelo prefeito Miguel Amaral, procuradora-geral do município, Daniele Melo, e pela psicóloga do Centro de Referência de Assistência Social, Heloísa Belo Saco. Miguel Amaral explicou que o objetivo da Prefeitura não é retirar os moradores dos imóveis – e sim regularizar as moradias e identificar possíveis casos de tentativa de comercialização ou cobrança de aluguel praticada por moradores. Segundo Daniele Melo os moradores irão receber a visita das equipes do Departamento Municipal de Assistência Social, Centro de Referência de Assistência Social e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social para analisar alguns critérios e dar sequência ao processo de regularização. “O procedimento demanda tempo. Por isso, os moradores precisam se comprometer em receber as equipes de servidores do município, que irão analisar a situação de cada morador”, reforçou Daniele Melo.

Nenhum comentário: