href="https://1.bp.blogspot.com/-6gy4glK0nPk/XHGyQlw1tUI/AAAAAAADRDg/g44NPL06wLs5iJ6w2ILCd_7b2dAUxF7iACLcBGAs/s1600/na-chapa-restaurante.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;">
PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

quinta-feira, 16 de maio de 2019

Duas pessoas ficam feridas após desabamento de parte do Fórum de Londrina


Uma parte do prédio do Fórum Criminal de Londrina, no norte do Paraná, desabou no fim da tarde desta quarta-feira (14), segundo Corpo de Bombeiros. Duas pessoas ficaram feridas, de acordo com os socorristas.Conforme os bombeiros, as vítimas são pedestres que estavam na calçada. O desabamento derrubou uma árvore, que atingiu as duas pessoas. Um homem, de 37 anos, e uma mulher, de 35 anos, tiveram ferimentos leves.As duas vítimas foram levadas para a Santa Casa de Londrina.Ainda segundo os bombeiros, funcionários trabalhavam na obra de demolição do prédio, quando as colunas de sustentação do edifício não aguentaram o peso, fazendo com que parte da estrutura desabasse e empurrasse uma parede lateral.Três postes foram derrubados por causa do desabamento da estrutura, o que deixou parte da região do Centro Cívico da cidade sem abastecimento de energia elétrica, no início da noite.
O Corpo de Bombeiros informou que a empresa responsável pela obra do Fórum cumpre as exigências legais para a demolição.O diretor do Fórum Criminal de Londrina, juiz Luiz Valério, disse que aguarda o registro da ocorrência por parte do Corpo de Bombeiros para avaliar se será necessária a realização de perícia para apurar as causas do acidente.Reformas.O prédio do Fórum Criminal de Londrina passa por um processo de demolição para a construção de uma nova sede. Em abril, funcionários retiraram móveis e equipamentos do local.Segundo o (TJ-PR), o custo da obra do novo prédio é de R$ 52,1 milhões. A nova sede do fórum terá sete pavimentos e capacidade para 18 unidades judiciais. De acordo com o edital de licitação, o prazo de execução da obra é de 24 meses. Fonte: G1

Nenhum comentário: