href="https://1.bp.blogspot.com/-6gy4glK0nPk/XHGyQlw1tUI/AAAAAAADRDg/g44NPL06wLs5iJ6w2ILCd_7b2dAUxF7iACLcBGAs/s1600/na-chapa-restaurante.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;">
PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

quinta-feira, 25 de abril de 2019

Sanepar é multada em R$ 1,5 milhão após anunciar reajuste de 12,13%

A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Maringá, noroeste do Paraná, multou em R$ 1,5 milhão a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) e e em R$ 477 mil a Agência Reguladora do Paraná (Agepar). A razão, segundo o órgão, foi o aumento considerado abusivo anunciado pela Sanepar, de da tarifa da água para o estado do Paraná inteiro. Além disso, o Procon entendeu que a Agepar não estava cumprido as diretrizes regimentais dela previstas como instituição reguladora. No caso da Sanepar, a multa só será efetivada se o reajuste for mantido, ele estava anunciado para o dia 17 de maio. Para o Procon de Maringá, não existe a necessidade do reajuste, já que, de acordo com um estudo realizado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), a companhia teve um crescimento líquido de 559%, que corresponde ao crescimento de 135 milhões para 890 milhões em 2018. “Enquanto a Agepar com suas diretrizes regimentais previstas de órgão regulador, deveria buscar o equilibro entre a empresa e seus usuários, atuando pela proteção dos consumidores”, disse o órgão de defesa do consumidor. A Sanepar e a Agepar ainda não foram notificadas a respeito das multas. Informações do portal Tribuna do PR.

Nenhum comentário: