PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 8812-5277

terça-feira, 9 de abril de 2019

Reclamações, demora em exames, falta da sala de raio-x, médicos especialistas e outros temas foram debatidos na câmara de Borrazópolis

O secretário de Saúde Valdinei Del Grande o "Dí" esteve participando da reunião nesta segunda (09) apresentando os trabalhos do setor e respondendo aos questionamentos dos vereadores
Na noite desta segunda-feira 08 de abril de 2019 o secretário de saúde de Borrazópolis e vereador licenciado Valdinei Rodrigues Del Grande o “Dí” esteve na câmara de vereadores realizando uma explanação do trabalho desenvolvido e respondendo questionamento dos parlamentares sobre os trabalhos da secretaria. O primeiro a fazer o uso da palavra foi o vereador Wellyngton Jhonis, que cobrou explicação sobre a Sala de Raio-X no município, a situação de concurso público, demora de exames, e pediu valorização aos funcionários da pasta. “Temos os melhores profissionais da região, mas infelizmente eles não são valorizados, por isso, precisamos debater com urgência o plano de cargo e salário dos funcionários da saúde. É vergonhoso o salário das nossas técnicas de enfermagem, também é necessário valorizar os agentes de saúde, motoristas, enfermeiros e entre outros profissionais que se dedicam neste setor” disse Wellyngton Jhonis, que cobrou a realização de um concurso público, haja visto que está ocorrendo o desdobramento de vários funcionários pela falta destes profissionais em várias áreas como enfermagem, motoristas e técnicos. Ao questionar sobre o aparelho de Raio-X, o vereador pediu a resposta do prazo de quando a situação será solucionada e lembrou do inicio desta polêmica, quando o vereador César do posto, em sua prerrogativa, fez um vídeo mostrando a situação de abandono que estava o local, que acabou também sendo interditado. “Como vai ficar a situação do nosso Raio-X que no meu ponto de vista tem quer ser analisado como prioridade. Se for pra contabilizar tudo o que já foi gasto combustível levando e trazendo pacientes, funcionário que não tem culpa da incompetência mas acaba recebendo sem poder trabalhar e entre outras situações, já teríamos essa situação resolvida” disse Wellyngton Jhonis. Em seu pronunciamento o secretário afirmou que a equipe está se dedicando para resolver o caso o mais breve, reconhece a demora, mas não havia outra solução no momento a não ser, encaminhar o aparelho para Faxinal. “A demora deste processo é por conta de vários trâmites necessários de projetos, via governo do estado. No máximo em 60 ou 90 dias, essa situação totalmente solucionada” frisou o secretário. Em sua fala o vereador Marcelo Pires Rodrigues, também cobrou sobre a valorização do salário do funcionalismo e parabenizou o secretário sobre as ações desenvolvidas. O vereador Arnildo Vieira destacou que sem eu ponto de vista, não há reclamações para se fazer na área da saúde e que os moradores precisam conhecer cidades maiores, para entender que a saúde local caminha bem, dando uma nota 9,9 ao trabalho da equipe. “Queria cobrar apenas sobre o período do projeto do raio-X que já está vencido, para que seja observado e não seja alvo de denuncias” disse Arnildo. A vereadora Selma Maria de Oliveira fez vários elogios ao trabalho do secretário, cobrou sobre a valorização do funcionalismo e disse que em seu ponto de vista não há e nem recebe nenhuma reclamação sobre a saúde no município. O vereador Rosi Cerqueira agradeceu ao secretário pela presença e sobrou sobre a falta de médicos especialistas como Ginecologista e Pediatra pedindo uma atenção especial, pois só quem sofre com isso, sabe das dificuldades que enfrentam na falta destes profissionais. O vereador Otair Senes o “Dominado” fez duras criticas a falta de atenção do executivo com a câmara. “Eu não acredito que esta situação do Raio-X será resolvida em 90 dias, pra mim, é mais uma mentira que o prefeito está empurrando com a barriga e deixando o povo de lado. Precisamos valorizar nossos agentes de saúde na área rural, que precisam de uma ajuda de custo em suas visitas, melhorar as estradas para que a população na qual necessite de atendimento de urgência, não sofra e melhorar o atendimento de alguns funcionários com os moradores” disse Dominado. O vereador Osvaldino Mendes o “Bazuca” fez duras criticas ao prefeito Adilson Lucchetti o “Didi” afirmando que a cidade está abandonada e o prefeito não atende nenhuma demanda da câmara. “A culpa desta incompetência e a situação que virou o nosso raio-x, no meu ponto de vista, também é do prefeito, que se tivesse resolvido bem antes, não chegaria a este ponto. Temo um funcionário que é concursado para o setor, que está de mãos atadas por conta disso. Queria saber sobre a demora na questão dos exames e cobrar sobre as datas vazias, onde o mato está alto e acaba causando transtornos aos moradores” disse Bazuca. Ao encerrar, o presidente César da Silva Soares, justificou a falta do vereador João Cândido Ferreira e explicou sua cobrança na época sobre o Raio-X, onde várias pessoas e funcionários começaram a ligar ao parlamentar na época cobrando sobre a situação que seria um abando do próprio executivo. O presidente também fez cobranças ao secretário que recebeu reclamações de moradores na qual relataram que funcionários ou recepcionista estariam utilizando o celular durante o expediente e não dando a devida atenção aos pacientes que foram buscar atendimentos no hospital, disse o vereador César. O SECRETÁRIO – Valdinei Delgrande respondeu ao questionamento de todos os vereadores, explicou em casos como a demora nos exames que é um processo burocrático que o município tem poucas cotas mas tem buscado parcerias e mutirões de casos como catarata e entre outras doenças para agilizar estas demandas. Ressaltando que os médicos especialistas acabam não sendo contratados pelo fato dos próprios profissionais não aceitarem a tabela SUS. Com relação a contratação e profissionais através de concurso, não foi desenvolvido ainda por conta do índice no município estar alto, mas isso deve ocorrer em breve. “Avançamos bastante e estamos nos dedicando com os bons profissionais que temos, para oferecer um atendimento digno e de qualidade a nossa população” finalizou o secretário.

Nenhum comentário: