href="https://1.bp.blogspot.com/-6gy4glK0nPk/XHGyQlw1tUI/AAAAAAADRDg/g44NPL06wLs5iJ6w2ILCd_7b2dAUxF7iACLcBGAs/s1600/na-chapa-restaurante.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;">
PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

domingo, 7 de abril de 2019

Quatro casos de dengue confirmado, deixa Califórnia em Alerta

Na manhã desta quinta-feira (4) recebemos a informação de mais um caso de dengue autóctone confirmado no município. Com este, Califórnia passa a ter 04 (quatro) casos (no ano epidemiológico) e todos nos primeiros meses de 2019. E ainda há outros dois casos em investigação. Este, por ser autóctone, comprova a necessidade de cuidados redobrados em função de que todos os demais foram contraídos no próprio município. O setor de endemias da Secretaria Municipal de Saúde realizou o Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti - LIRAa e o índice foi de 3.1, o que significa “situação de alerta para o município”. O LIRAa foi realizado nesta semana. O LIRAa, é o Mapeamento rápido dos índices de infestação por Aedes aegypti, e identifica os criadouros predominantes e a situação de infestação do município. Este levantamento permite o direcionamento das ações de controle para as áreas mais críticas. Os relatórios com índices de infestação predial são divididos em três categorias: - Inferior a 1%, significa que a cidade está em condições satisfatórias. - De 1% a 3.9% já é situação de alerta para o município. - Acima de 4%, há risco de surto de dengue.
Há um movimento no sentido de alertar a comunidade sobre as condições em que sem encontram residências e propriedades onde a condição favorece a proliferação dos criadouros. Porém, mesmo com toda a informação, orientação e alerta, parece que o cidadão continua estagnado, não dando importância à situação quem já está em nível de alerta. O outono chegou, mas ainda é possível, em função das chuvas e do tempo ainda quente, a proliferação do mosquito. Há uma necessidade de cuidado e de um trabalho conjunto, poderes públicos e comunidade, no sentido de juntos, combater a disseminação da doença. (Antonio Carlos M. Ferreira – Jornalismo Rádio Califórnia FM e WebTv Califórnia).

Nenhum comentário: