PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009

quarta-feira, 10 de abril de 2019

Paciente do Hospital da Providência relata atendimento durante sua luta contra o câncer

O paciente do Hospital da Providência, José Henrique de Assis foi diagnosticado com câncer no reto após um exame de colonoscopia. A doença foi descoberta já em estado avançado e por indicação médica, o paciente passou por quimioterapia e radioterapia para redução do tumor antes do procedimento cirúrgico.Na Unidade de Tratamento de Câncer de Apucarana, onde realizou a quimioterapia, José Henrique relata o carinho que a equipe dispensa para os pacientes. “Comecei o tratamento e desde o primeiro dia percebi que os profissionais são muito educados, me deram toda a assistência necessária e a cada dia que melhorava, também percebi que meu relacionamento com os profissionais era de mais cordialidade”, fala.Após a primeira cirurgia, para a retirada do tumor, o intestino do paciente não estava funcionando como deveria, sendo necessário a realização de outro procedimento cirúrgico. “Nesse período toda a equipe de enfermagem e médicos sempre foram muito dedicados e preocupados com a saúde do meu pai e, após o segundo procedimento, ele foi encaminhado para a UTI para monitoramento, onde permaneceu por dois dias”, afirma a filha, Priscila de Assis. “Na UTI tive contato com profissionais adoráveis, como os enfermeiros Renan Mascarenhas e a técnica de enfermagem Jéssica Rodrigues e acabei desenvolvendo uma amizade com eles”, afirma José Henrique.O paciente também passou pelos postos de internação e em todo esse período, suas duas filhas o acompanharam. “Fico imensamente feliz, porque participei de tudo, quando ele estava no posto de internação, acompanhei todo o cuidado da equipe de enfermagem e dos médicos, tenho que agradecer a todos”, afirma Priscila.“Meu pai é um guerreiro, sempre motivando os pacientes e até mesmo a equipe, porque é um trabalho muito importante, tem que ter um olhar de amor, de cuidado e ouvir um bom dia, um elogio, é importante para o paciente para poder prosseguir com o tratamento”, finaliza a filha.

Nenhum comentário: