href="https://1.bp.blogspot.com/-6gy4glK0nPk/XHGyQlw1tUI/AAAAAAADRDg/g44NPL06wLs5iJ6w2ILCd_7b2dAUxF7iACLcBGAs/s1600/na-chapa-restaurante.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;">
PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

quinta-feira, 11 de abril de 2019

Ex-prefeito do vale do ivaí foi conduzido a delegacia após confusão em cartório

O caso foi registrado em Mauá da Serra. Segundo funcionária de um Tabelionato, o político a xingou após ela informar que haveria custos para solicitar cópia de uma procuração
Uma confusão registrada na tarde desta quarta-feira 10 de abril de 2019, terminou na delegacia de Marilândia do Sul. O caso ocorreu em Mauá da Serra e envolveu um ex-prefeito do município, identificado como Inácio Mendes. Em nota a PM informou que uma funcionária do Tabelionato de Notas, de Mauá, de nome Elaine Pilati, relatou que o acusado compareceu no local e solicitou cópia de uma procuração, mas ao afirmou que seria necessário pagamento de R$102,00 (cento e dois reais), para liberação, ele a desacatou com palavrões. Ainda teria dito que “não precisava de sua família” e que ela não era dona do cartório. A mulher então afirmou que chamaria a Polícia, momento em que o ex-prefeito ainda permaneceu no local, por cinco minutos. Temendo por sua segurança, a funcionária foi ao Destacamento, com auxílio da Guarda Municipal. Os soldados, avisados, saíram em busca e encontraram o homem na Avenida Jamil Assad, próximo a sua casa. "Nós explicamos os motivos da abordagem e que a condução até a delegacia, seria necessária, para esclarecimento do ocorrido, o qual foi conduzido sem algemas e no banco de trás da viatura. Inácio afirmou que esteve no tabelionato solicitando uma procuração, e que Elaine afirmou que não seria possível, sendo que após tal negativa, se desentenderam, mas que ele prefere falar em juízo. No Tabelionato havia testemunhas, as quais foram relacionadas no B.O", informou a Polícia Militar. Pessoas ligadas ao ex-gestor entraram em contato com a nossa reportagem dizendo que ele nega todas as acusações e o fato será devidamente esclarecido o mais breve.

Nenhum comentário: