href="https://1.bp.blogspot.com/-6gy4glK0nPk/XHGyQlw1tUI/AAAAAAADRDg/g44NPL06wLs5iJ6w2ILCd_7b2dAUxF7iACLcBGAs/s1600/na-chapa-restaurante.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;">
PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

quinta-feira, 11 de abril de 2019

Danilo Gentili é condenado a 6 meses de detenção por injúria; Entenda

Danilo Gentili, humorista e apresentador do SBT, foi condenado a seis meses e 28 dias de detenção em regime semiaberto pela 5ª Vara Federal Criminal de São Paulo, por crime de injúria contra a deputada federal Maria do Rosário (PT). Ele poderá recorrer em liberdade A sentença foi decretada nesta quarta-feira (10) pela juíza Maria Isabel do Prado. O caso ocorreu em março de 2016, quando Gentili publicou um vídeo de Maria do Rosário. De acordo com a juíza, ele injuriou a deputada “ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro, atribuindo-lhe alcunha ofensiva, bem como expôs, em tom de deboche, a imagem dos servidores públicos federais e a Câmara dos Deputados”. A defesa de Gentili alega que ele não teve a intenção de atacar a deputada petista, mas a alegação foi rejeita pela juíza do caso. Na sentença, a magistrada ainda afirma que “se a intenção do acusado não fosse a de ofender, achincalhar, humilhar, ao ser notificado pela Câmara dos Deputados, a qual lhe pediu apenas que retirasse a ofensa de sua conta do Twitter, o acusado poderia simplesmente ter discordado ou ter buscar a orientação jurídica de advogados para acionar pelo que entendesse ser seu direito”.
Entenda o caso A Justiça Federal em São Paulo condenou o humorista Danilo Gentili a pena de seis meses e 28 dias de detenção pelo crime de injúria contra a deputada Maria do Rosário (PT-RS). A sentença foi confirmada nesta quarta-feira (10) pela juíza federal Maria Isabel do Prado, em uma ação (queixa-crime) proposta pela parlamentar. Gentili poderá recorrer em liberdade. Em 2016, Gentili publicou uma série de tuítes chamando a deputada de “falsa”, “cínica” e “nojenta”. Ao receber uma notificação extrajudicial pedindo que apagasse as mensagens, o humorista gravou vídeo rasgando o documento e colocando-o dentro das calças. Repercussão Danilo Gentili usou as redes sociais para debochar da decisão da Justiça Federal que o condenou a seis meses e 28 dias de detenção pelo crime de injúria contra a deputada Maria do Rosário (PT-RS).

Nenhum comentário: