href="https://1.bp.blogspot.com/-6gy4glK0nPk/XHGyQlw1tUI/AAAAAAADRDg/g44NPL06wLs5iJ6w2ILCd_7b2dAUxF7iACLcBGAs/s1600/na-chapa-restaurante.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;">
PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

sexta-feira, 29 de março de 2019

Servidores de Arapongas terão 6% de reajuste salarial

Os servidores públicos de Arapongas vão receber um reajuste de 6%. O anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira (28) pelo prefeito Sérgio Onofre, em reunião com secretários municipais e representantes do Sindicato dos Servidores Públicos. “É um índice expressivo, maior do que está sendo concedido por outras prefeituras da nossa região. Sabemos da expectativa dos servidores, mas nosso esforço é no sentido de atender essa expectativa dentro do possível e sem sair dos limites estabelecidos pela nossa realidade orçamentária”, afirmou o prefeito.O município de Arapongas te 3.107 servidores ativos e 1.030 aposentados e pensionistas que serão beneficiados pela medida. O reajuste significa um aumento anual de R$ 7,8 milhões nas contas do município e vale para a folha de abril. Sergio Onofre voltou a destacar que mesmo com dois anos de recessão econômica e queda na arrecadação das prefeituras de todo o Brasil, o município de Arapongas chegou ao final de 2018 reduzindo a sua dívida pela metade. “E ainda somamos, no mesmo período, investimentos da ordem de R$ 35 milhões em obras e equipamentos. É essa austeridade em termos de gestão e de contenção que nos permite dar esse aumento para os servidores”, frisou o prefeito.Aparecido de Oliveira, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos, classificou o resultado das negociações como uma conquista importante. “Mesmo em um cenário de dificuldades para as prefeituras, o prefeito Sérgio Onofre mostrou-se sensível aos argumentos que nós apresentamos e acabou concordando com um a revisão e reajuste totalizando um percentual de 6%, um bom índice, na nossa avaliação”, concluiu o sindicalista.

Nenhum comentário: