href="https://1.bp.blogspot.com/-6gy4glK0nPk/XHGyQlw1tUI/AAAAAAADRDg/g44NPL06wLs5iJ6w2ILCd_7b2dAUxF7iACLcBGAs/s1600/na-chapa-restaurante.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;">
PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

sábado, 30 de março de 2019

PM realizou grande operação nas últimas horas em Ivaiporã

A 6ª Companhia Independente da Polícia Militar de Ivaiporã desencadeou neste sábado, dia 30 de março, a fase II da Operação Ninho, que em 2017 levou várias pessoas para a cadeia, suspeitas de envolvimento com roubo a ônibus de sacoleiros na região de Engenheiro Beltrão, mas sendo a base da quadrilha, a cidade de Ivaiporã. Nessa segunda etapa, segundo o responsável pelo setor de inteligência da PM de Ivaiporã, tenente Vinícius de Castro, o foco da operação foi o combate ao roubo e ao trágico de drogas. Foram cumpridos 14 mandados de busca e apreensão e 3 mandados de prisão. Desses, um dos alvos da operação foi localizado e outras três pessoas foram presas durante o cumprimento dos mandados de busca. Dos presos, apenas um dele ainda não tinha passagem pela Polícia. Os nomes devem ser divulgados pela Polícia Militar assim que o levantamento dos objetos aprendidos for concluído, que deve acontecer ao longo do dia. Além dos detidos, nas residências alvo dos mandados foram apreendidos 5 veículos, sendo duas Saveiros, uma Kombi, um Vectra e um Space Fox. Também foram localizados 200 gramas de maconha, um revólver calibre 38, um simulacro de pistola, quatro televisores, cigarros contrabandeados, pinos para comercialização de cocaína, balaclavas, algemas de plástico e 20 ampolas de substâncias anabolizantes. “A determinação do Ministério Público, no pedido de busca e apreensão, era que fossem apreendidos também objetos de valor considerável, que podem ter sido adquiridos por meio da atividade ilícita”, citou o comandante da operação. Cabe agora ao Ministério Público e à Polícia Civil dar continuidade nas investigações e determinar se houve ou não a aquisição dos bens de forma ilícita. Para o tenente Vinícius de Castro, a operação foi um sucesso e alcançou os objetivos, já que o material apreendido vai embasar ainda mais o inquérito que está aberto junto ao Ministério Público e a Polícia Civil, além de coibir o tráco na cidade de Ivaiporã. A operação contou com a participação de 40 policiais militares e 14 viatura. As informações são do jornalista Aldinei Andreis do Jornal Paraná Centro. Mais detalhes CLIQUE AQUI

Nenhum comentário: