href="https://1.bp.blogspot.com/-6gy4glK0nPk/XHGyQlw1tUI/AAAAAAADRDg/g44NPL06wLs5iJ6w2ILCd_7b2dAUxF7iACLcBGAs/s1600/na-chapa-restaurante.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;">
PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

sábado, 16 de março de 2019

Conferência debate direitos da pessoa idosa em Apucarana

Cerca de 180 pessoas de diversos segmentos sociais participam nesta terça-feira (19/03), das 8 às 17 horas, na sede da Associação dos Deficientes Físicos de Apucarana (Adefiap), da 5ª Conferência Municipal da Pessoa Idosa. Uma promoção do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDPI), em parceria com a Secretaria Municipal da Assistência Social, o tema central do debate será “Os desafios do envelhecimento no Século XXI e o papel das políticas públicas”. “Trata-se de um momento de avaliação das ações desenvolvidas e proposição de novas ações para a implementação da política de atendimento a pessoa idosa”, esclarece Ana Paula Nazarko, secretária Municipal da Assistência Social.Entre os segmentos confirmados para o evento estão representantes de área como Saúde, Educação, Assistência Social, Segurança Pública, acadêmicos, terceiro setor, entre outros, além de diversas autoridades do Executivo, Legislativo e Judiciário. Nazarko frisa que as conferências são espaços amplos e democráticos de reflexão, discussão e articulação coletivas em torno de propostas e estratégias que apontam diretrizes para as várias políticas setoriais envolvidas, como a da assistência social, da educação, da saúde, do esporte e lazer, da cultura, do transporte e acessibilidade. “A principal característica das conferências é reunir representantes do governo e da sociedade civil, especialmente os próprios idosos, para debater os principais desafios e decidir as prioridades para a política de direitos humanos da pessoa idosa”, pontua a secretária.Programação – A 5ª Conferência Municipal da Pessoa Idosa terá início às 8 horas com credenciamento. A abertura oficial inicia às 8h30 e, às 9 horas, tem início a leitura do regimento e apresentação do relatório de alcance das deliberações da última Conferência Municipal. Às 10h15, acontece palestra magna e debates “Os Desafios de Envelhecer no Século XXI e o papel das Políticas Públicas”.Após pausa para almoço, as atividades reiniciam às 13h30 com trabalhos em grupos onde serão discutidos sete eixos temáticos até às 15h30 (*ver quadro). “Das 15h30 às 16 horas, acontecerá eleição de delegados para Conferência Estadual e, em seguida, plenária final com apresentação e aprovação dos relatórios dos Grupos e Moções”, relata Marina Fernandes Mendonça Sposito, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa. O encerramento das atividades acontece com um “coffee-break”.Eixo 1: Direitos fundamentais na construção/efetivação das políticas públicas de Saúde;Eixo 2: Direitos fundamentais na construção/efetivação das políticas públicas de Assistência Social e Previdência;Eixo 3: Direitos fundamentais na construção/efetivação das políticas públicas de Moradia e Transporte;Eixo 4: Direitos fundamentais na construção/efetivação das políticas públicas de Cultura, Esporte e Lazer;Eixo 5: Educação: assegurando direitos e emancipação humana;Eixo 6: Enfrentamento da Violação dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa;Eixo 7: Os Conselhos de Direitos: seu papel na efetivação do controle social na geração e implementação das políticas públicas social na geração e implementação das políticas públicas.

Nenhum comentário: