href="https://1.bp.blogspot.com/-6gy4glK0nPk/XHGyQlw1tUI/AAAAAAADRDg/g44NPL06wLs5iJ6w2ILCd_7b2dAUxF7iACLcBGAs/s1600/na-chapa-restaurante.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;">
PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Jandaia do Sul tem novo delegado

A Delegacia Regional de Polícia Civil da Comarca de Jandaia do Sul tem um novo delegado. Trata-se de Gustavo de Pinho Alves, que substitui Adilson José da Silva, que foi transferido na semana passada para o Denarc (Divisão Estadual de Narcotráficos), de Londrina.Há dez anos e meio atuando como delegado de polícia no Paraná, Gustavo Alves vinha chefiando ultimamente a 16ª Subdivisão Policial de Campo Mourão, onde permaneceu interinamente por oito meses em função da vacância do cargo deixada pelo delegado anterior que foi transferido para outra comarca. Como delegado, Gustavo Alves trabalhou pelo menos 6 anos e meio na 9ª SDP de Maringá e 3 anos na chefia da Denarc em Maringá, de 2015 a 2017, onde desenvolveu um forte trabalho de combate ao tráfico e uso de drogas.No primeiro ano como chefe da Denarc de Maringá, em 2015, Gustavo Alves conseguiu junto com sua equipe a apreensão de 12 toneladas de drogas, contra 2,5 toneladas que haviam sido apreendidas no anterior antes de sua chegada.Já no seu segundo ano, em 2016, a quantidade de drogas apreendidas subiu para 24 toneladas e, em 2017, para 49,8 toneladas. Nos três primeiros meses do ano de 2018, enquanto ainda esteve na Denarc, ele conseguiu apreender 3 toneladas de drogas.Gustavo de Pinho Alves diz que assume a delegacia regional de Jandaia do Sul com o mesmo propósito de combater o tráfico de drogas nos municípios atendidos pela Comarca. “As drogas é que originam a maior parte dos crimes como homicídios, furtos, roubos e outras infrações penais”, assinala. “Venho aqui para Jandaia do Sul para dar o melhor de mim, dentro do meu padrão de delegado de polícia”, acrescentou.O delegado Adilson José da Silva, que foi transferido para Londrina, permaneceu 2 anos e meio na Comarca de Jandaia do Sul. Apesar da pouca estrutura, ele diz que fez o que pôde na sua tarefa de combater a criminalidade, sempre procurando agir rápido na solução dos crimes praticados no âmbito da Comarca. Ele agradece a toda a equipe da delegacia pelo apoio dado ao seu trabalho nesses 2 anos e meio em Jandaia do Sul. Fonte: TNONLINE

Nenhum comentário: