href="https://1.bp.blogspot.com/-6gy4glK0nPk/XHGyQlw1tUI/AAAAAAADRDg/g44NPL06wLs5iJ6w2ILCd_7b2dAUxF7iACLcBGAs/s1600/na-chapa-restaurante.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;">
PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

domingo, 3 de fevereiro de 2019

Força Nacional se une às buscas por vítimas em Brumadinho

Um grupo de 60 homens da Força Nacional começa hoje (3) a atuar nas operações de resgate em Brumadinho, nos arredores de Belo Horizonte. Duas aeronaves e 60 militares saíram de Brasília com destino à cidade. O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), pediu o apoio da Força Nacional em conversa com o ministro da Justiça, Sergio Moro. O envio dos homens e aeronaves foi na madrugada de ontem (2), saindo de Brasília rumo a Brumadinho. Informações da Agência Brasil. No local, estão cerca de 300 homens do Corpo de Bombeiros, além de 950 policiais militares e agentes da Polícia Civil e Defesa Civil de Minas Gerais. Há ainda o reforço de homens e mulheres do Corpo de Bombeiros de São Paulo e Santa Catarina, assim como policiais civis e militares de outras regiões no país. Dez dias depois da tragédia causada pelo rompimento da barragem Mina Córrego do Feijão, as buscas prosseguem em meio às dificuldades provocadas pelo mar de lama. O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais iniciou uma nova etapa dos trabalhos de buscas por vítimas desaparecidas. Os homens começaram as escavações e a estabilidade do terreno. Segundo porta-voz da corporação, tenente Pedro Aihara, não há prazo para concluir os trabalhos. Ele lembrou que, em Mariana, em 2015, foram quatro meses de trabalho.

Nenhum comentário: