href="https://1.bp.blogspot.com/-6gy4glK0nPk/XHGyQlw1tUI/AAAAAAADRDg/g44NPL06wLs5iJ6w2ILCd_7b2dAUxF7iACLcBGAs/s1600/na-chapa-restaurante.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;">
PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

terça-feira, 1 de janeiro de 2019

Ratinho Júnior toma posse como governador do Paraná

"[Agradeço] meu pai, Carlos Massa, de quem eu *herdei com muito orgulho o nome* Ratinho Júnior", declarou Ratinho Júnior, com a voz embargada.
Ratinho Júnior (PSD) tomou posse nesta terça-feira (1º) como governador do estado do Paraná. Em seu primeiro discurso no cargo, prometeu "acabar com os privilégios e excessos da máquina pública". "Não terei medo, repito, não terei medo e não vou ceder um milímetro para acabar com os privilégios", declarou. O pessedista disse que irá praticar "o estado necessário, aquele que se pauta pela eciência". Prometeu investir em infraestrutura e agronegócio, e fazer do Paraná "o celeiro do mundo" e "o hub logístico da América Latina". Filho do apresentador de TV Carlos Massa, o Ratinho, o governador se emocionou ao falar do pai, que estava na primeira la da plateia. "[Agradeço] meu pai, Carlos Massa, de quem eu herdei com muito orgulho o nome Ratinho Júnior", declarou, com a voz embargada. O ex-deputado estadual ainda armou que sua eleição como governador foi resultado de um projeto político de 16 anos, que se iniciou com sua eleição para deputado estadual, em 2002. Ele disse ter orgulho de não fazer parte de nenhuma oligarquia, e armou ter "uma história familiar de superação". Protocolo - O governador e o vice Darci Piana, ao lado de suas famílias, subiram a rampa da Assembleia e foram recebidos pelo presidente da Casa, deputado Ademar Traiano. Os eleitos também receberam as primeiras honras militares. O novo governador foi conduzido à mesa de honra pelos deputados Guto Silva, Hussein Bakri e Helio Ruch. Ratinho Júnior cumpriu os protocolos de posse com a assinatura do termo de renúncia do cargo de deputado estadual, leitura do compromisso constitucional de governador e assinatura do termo de posse de governador do Paraná. A posse foi ocializada pelo presidente da Assembleia Ademar Traiano. O deputado destacou a harmonia entre os poderes com o novo governador frente ao Paraná. “O momento exige muita responsabilidade, zelo pelo dinheiro público, ética e transparência. Tenho certeza que o Paraná estará em boas mãos com o governador Ratinho Júnior”, disse. “Sua jovialidade, espírito empreendedor e jeito de ser inovador farão do Paraná um Estado cada vez melhor”, acrescentou o deputado.
Cida - O Governo Cida Borghetti deixa R$ 5,3 bilhões nas contas estaduais para a próxima gestão. O valor soma os saldos bancários por fontes de recursos e de aplicações no Banco do Brasil (R$ 4,3 bilhões), da conta destinada ao pagamento dos precatórios (R$ 323 milhões) e de contas de autarquias, como o Porto de Paranaguá (R$ 430 milhões), Detran (R$ 100 milhões) , Celepar (R$ 80 milhões) e Tecpar (R$ 118 milhões). O resultado será acrescido ainda da arrecadação de impostos, das transferências e dos rendimentos das aplicações nanceiras a partir do dia 28/12. Além disso, a próxima gestão terá o orçamento de 2019, de R$ 58 bilhões, integralmente livre. Segundo a governadora Cida Borghetti, a boa situação nanceira é resultado de uma gestão responsável e realizadora. “Pagamos todos os avanços funcionais previstos nos planos de carreira, adiantamos o 13º salário, reduzimos a burocracia, implantamos o governo digital, iniciamos obras de infraestrutura históricas, ampliamos os investimentos em todas as regiões e, ainda, estamos deixando mais de R$ 5 bilhões em caixa”, disse. De abril até dezembro, durante a gestão Cida Borghetti, o Governo do Estado destinou R$ 8,73 bilhões para projetos e ações. O valor é o dobro investido em 2017 no mesmo período, segundo dados do Sistema de Acompanhamento do Plano de Metas do Governo do Paraná (SAPM). A governadora destacou que os recursos atenderam aos 399 municípios paranaenses. “Nossa gestão não mediu esforços para entregar o que a população precisa. Demonstramos que é possível realizar uma gestão eciente e ecaz”, completou. Cida Borghetti lembra ainda que o orçamento de 2019 prevê ainda um acréscimo de R$ 1,9 bilhão nos recursos destinados para áreas prioritárias em relação a valor aplicado em 2018. A educação vai receber mais R$ 1,23 bilhão, valor 15,6% maior do que em 2018. Na saúde, a variação será de 9,4%, com o incremento de R$ 319 milhões, e na segurança pública a alta é de 8,7%, com ampliação de mais R$ 330 milhões.

Nenhum comentário: