href="https://1.bp.blogspot.com/-6gy4glK0nPk/XHGyQlw1tUI/AAAAAAADRDg/g44NPL06wLs5iJ6w2ILCd_7b2dAUxF7iACLcBGAs/s1600/na-chapa-restaurante.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;">
PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

Decreto do governo corta R$124 milhões da UEL

O Governo do Estado do Paraná publicou o decreto nº 053/2019 no último dia 7, que trata do contingenciamento de 20% dos recursos do orçamento do poder Executivo do Estado, aprovado pela lei estadual nº 19.766 de 17 de dezembro de 2018. O decreto publicado e já em vigor especifica as diversas despesas de todos os órgãos da administração e indica a redução na liberação dos recursos previstos no orçamento. No caso da UEL (Universidade Estadual de Londrina) e do HU (Hospital Universitário), a medida representa o contingenciamento de R$ 124 milhões de reais da previsão inicial, sendo cerca de R$ 14 milhões em relação ao HU. Em nota, a reitoria da universidade afirmou que é "importante destacar que ações como estas são corriqueiras no início de novos governos". Conforme o documento, a administração da universidade já está em negociação com o Governo do Estado, "buscando o descontingenciamento total dos recursos previstos no orçamento, sem prejuízo para a execução das atividades de ensino, pesquisa e extensão, e para a manutenção dos serviços essenciais prestados à comunidade londrinense". Outras universidades da região - Na UEM (Universidade Estadual de Maringá), o corte será ainda maior que na UEL. Serão R$ 127 milhões de contingenciamento. Na UEPG (Universidade Estadual de Ponta Grossa), serão R$ 67,8 milhões, e na UENP (Universidade Estadual do Norte Pioneiro), R$ 17,9 milhões. Fernanda Circhia - Portal Bonde.

Nenhum comentário: