PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Criança abandonada e com leucemia deixa carta para voluntária

Emocionante: “Se eu for morar com papai do céu, não fica triste, porque eu te amo e só você é minha melhor amiga”. Antes de morrer, com essas palavras, Júlia, de apenas 8 anos, encerrou a carta para a voluntária Gabriella Pereira
“Se eu for morar com papai do céu, não ca triste, porque eu te amo e só você é minha melhor amiga”. Antes de morrer, com essas palavras, Júlia, de apenas 8 anos, encerrou a carta escrita direcionda para a voluntária Gabriella Pereira, de 23 anos. Gabriella visitava constantemente Júlia em um abrigo em Carapicuíba, na Região Metropolitana de São Paulo. A criança havia sido abandonada pelos pais e enquanto esperava ser adotada, lutava contra a leucemia. “Conheci a Júlia há uns 2 anos, em um abrigo de crianças abandonadas (esperando por adoção), nesses trabalhos sociais que faço, desde então, não era mais um trabalho, era amor. Dia das crianças, aniversário, Natal, entre outras datas, sempre tive comigo que precisava dar uma passadinha pra ver a magrelinha, pq as outras crianças tinham alguém que visitava e ela tinha apenas eu”, relatou Gabriella, no Facebook. A publicação com a carta de Júlia foi feita na última quinta-feira (10) e até o início desta terça-feira tinha mais de 20,4 mil compartilhamentos. “Tenho comigo que z tudo que pude, todos os pedidos que fez em vida foram realizados e não me arrependo de nenhum deles. A única coisa que tive acesso foi ao diário que ela pediu para enfermeira entregar na minha mão e um batom cor de rosa, e mesmo com todas as diculdades que ela passou em 8 anos de vida, ainda me deixou uma mensagem me apoiando com a sua partida”, relatou Gabriella. Na carta, a pequena Júlia revela para a voluntária todo o carinho que sente por ela e também seu drama na batalha contra o câncer. “Tia Gabriela eu estou com muita dor e já quero morar com o papai do céu”, diz em um dos trechos. “Você é a minha melhor amiga e eu queria que você fosse a minha mãe”, completa em outro. Veja abaixo a carta de Júlia e a declaração de Gabriella. Informações do portal GMC.

Nenhum comentário: