PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Apucaranense que estava preso em Londrina morre após passar mal em cela, ele é acusado de participar de assaltos em Borrazópolis

Ele e os parceiros segundo a PM, teriam participado de assaltos a banco em Borrazópolis onde um cordão humano foi usado como escudo, além disso eles seria suspeito de roubos em agências de Kaloré e Rio Branco do Ivaí
Um apucaranense que estava preso na Penitenciária Estadual de Londrina, PEL 2, morreu nesta segunda-feira 07/01, após passar mal dentro da cela. O detento identificado como Fábio Havrelux de 41 anos foi preso em 2016. Segundo o diretor da unidade, Reginaldo Peixoto, por volta das 9h os colegas de cela alertaram os agentes carcerários de que o homem estaria passando mal. Ele foi levado à enfermaria, onde teve uma parada cardiorrespiratória. A equipe da PEL 2 e médicos do Samu tentaram reanimar o detento, mas não tiveram sucesso. Segundo Peixoto, o corpo não tinha nenhuma lesão aparente. A causa da morte será confirmada pelo Instituto Médico Legal (IML). Fábio Havrelux foi velado em Apucarana e sepultado por volta das 11h no Cemitério Portal do Céu. Segundo as informações, Fábio Havrelux já havia sido preso diversas vezes e teria participado de rebeliões no minipresídio de Apucarana. No dia 11 de maio de 2016 ele com outros três assaltantes participaram de um confronto contra a PM no Jd. Apucarana, na ocasião um acusado morreu. Ele e os parceiros segundo a PM, teriam participado de assaltos a bando em Borrazópolis onde um cordão humano foi usado como escudo, além disso eles seriam suspeitos de roubos em agências de Kaloré, Rio Branco do Ivaí, em Querência do Norte e em outros cidades da região.

Nenhum comentário: