href="https://1.bp.blogspot.com/-6gy4glK0nPk/XHGyQlw1tUI/AAAAAAADRDg/g44NPL06wLs5iJ6w2ILCd_7b2dAUxF7iACLcBGAs/s1600/na-chapa-restaurante.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;">
PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

15ª Regional investiga suspeita de morte por dengue hemorrágica em Astorga

As informações são do Jornal O Diário de Maringá e relatam que a 15ª Regional de Saúde do Paraná abriu procedimento investigativo para conrmar ou descartar a suspeita de morte por dengue hemorrágica em Astorga (a cerca de 50 quilômetros de Maringá). Uma mulher de 53 anos faleceu no último sábado (12), num hospital da cidade. "Na sexta, a mulher veio para Maringá fazer um procedimento, que não tem nenhuma relação com dengue. Na madrugada de sábado, deu entrada no hospital de Astorga, com mal-estar. Não tinha febre alta e o teste rápido deu negativo para a dengue, mas como o nível de plaquetas estava bem baixo, foi aberta a investigação", esclarece Greicy Cezar Amaral, que faz parte da área técnica do setor de Epidemiologia da 15ª Regional de Saúde. O processo já foi encaminhado para a Secretaria de Saúde do Paraná, em Curitiba, e o laudo deve sair em 15 dias. Diante da suspeita de morte por dengue hemorrágica, a 15ª Regional já iniciou ações de prevenção na região, onde ca a residência da mulher. "Fizemos o bloqueio e agentes estão levantando se há casos de pessoas com febre, mal-estar, dor no fundo dos olhos em trabalho de monitoramento", arma. O último informe técnico da dengue no Paraná, atualizado no dia 8 de janeiro deste ano, mostra que o Índice de Infestação Predial (IIP) em Astorga é de 4,40 - porcentagem dos imóveis que apresentam larvas do mosquito transmissor da dengue. Segundo a Organização Mundial da Saúde, o limite tolerável é de 1%. Em Maringá, o índice se manteve em 3,1%. Entre agosto de 2018 e início de janeiro de 2019 foram conrmados 4 casos de dengue na área de abrangência da 15ª Regional de Maringá - sendo em Astorga, Colorado, Floraí e Santa Fé. LEIA MAIS

Nenhum comentário: