href="https://1.bp.blogspot.com/-6gy4glK0nPk/XHGyQlw1tUI/AAAAAAADRDg/g44NPL06wLs5iJ6w2ILCd_7b2dAUxF7iACLcBGAs/s1600/na-chapa-restaurante.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;">
PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

Governo libera R$ 680 milhões a fundo perdido para municípios

O Governo do Estado viabilizou 2.735 contratos através da Secretaria do Desenvolvimento Urbano nos últimos oito meses. Entre autorizações para licitar, contratações, projetos em execução e concluídos, os contratos totalizam R$ 1,2 bilhão. Deste total, R$ 684 milhões foram liberados a fundo perdido e R$ 583 milhões em financiamentos às prefeituras. “Imprimimos um ritmo acelerado de trabalho, que permitiu avançar em muitos benefícios para os nossos municípios. Quem sai ganhando com isso é população, que ganha novos ativos públicos voltados principalmente para a melhoria da qualidade de vida das cidades”, afirma a governadora Cida Borghetti. Os recursos foram liberados para compra de veículos, equipamentos e obras de infraestrutura urbana. Cida cita como exemplo a liberação de recursos para a pavimentação de 1,2 mil quilômetros de vias. Foram autorizados R$ 740 milhões para instalação de asfalto, pedra irregular e regular, bloquete, recape e urbanização de ruas e avenidas, além de melhorias em estrada vicinal. O secretário do Desenvolvimento Urbano, Silvio Barros, afirma que todos os municípios do Paraná foram contemplados com obras e equipamentos. Segundo ele a secretaria imprimiu um ritmo de trabalho que resultou em um número extraordinário de contratos e convênios em andamento, e que devem ter continuidade. “Somente no Programa Plano de Apoio aos Municípios (PAM) temos mais de duas mil ações autorizadas para 387 municípios”, exemplificou o secretário. GESTÃO 2015 – 2018 – Desde 2015, o Governo do Paraná liberou R$ 2,4 bilhões para investimentos na infraestrutura dos municípios. Foram firmados pouco mais de quatro mil convênios para obras de pavimentação, construção de barracões industriais, creches, escolas, postos de saúde e reformas em prédios públicos. Os recursos também foram aplicados na compra de veículos, terrenos e equipamentos agrícolas e rodoviários. O volume maior, R$ 1,5 bilhão (63,7% do total) foi investido em obras de pavimentação. São 2.600 quilômetros de asfalto novo, recape, e revestimento com pedras.

Nenhum comentário: