PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009

sábado, 29 de dezembro de 2018

Governadora libera R$ 11,8 milhões para construção da maternidade do Providência

A governadora do Paraná, Cida Borghetti, liberou nesta sexta-feira (28/12), em Curitiba, o empenho de R$11,8 milhões para a construção da sede própria Hospital da Providência Materno Infantil de Apucarana. Os recursos, que já haviam sido assegurados pelo prefeito Beto Preto (PSD) na gestão do governador Beto Richa, desde abril estavam com empenho suspenso pela Secretaria de Estado da Saúde.Com a verba pública, a instituição irá edificar um terceiro pavimento no prédio do Hospital da Providência, criando um espaço inicial de 2.151,80 metros quadrados que abrigará a maternidade e o setor de pediatria do hospital, com quartos, Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (com 17 leitos), enfermaria, centros obstétricos, pediátrico e cirúrgico e ainda uma UTI para adultos (10 leitos) destinada às mães que passam por alguma complicação no parto.Conforme revela a direção do Providência, os recursos também irão custear a reforma de uma área de 2.720,06 metros quadrados, incluindo o acesso ao novo pavimento; uma nova entrada ambulatorial do Hospital da Providência Materno Infantil, no térreo, localizada na Rua Nagib Daher; e a reforma e estruturação dos postos de enfermagem.O prefeito Beto Preto (PSD), que durante os últimos nove meses realizou uma série de viagens a Curitiba para cobrar o empenho dos recursos conquistados oficialmente em março, comemorou a liberação do empenho por parte da governadora.Beto Preto lembrou que a construção da sede própria do Hospital Materno Infantil do Providência vem sendo uma prioridade na instituição e também para o poder público municipal. “Desde o início de 2016 a diretoria tem se mobilizado para angariar recursos e avançar nas diversas etapas da obra. Exemplo disso foi a promoção de um jantar filantrópico destinado a custear os projetos da maternidade, que tiveram um custo de cerca de R$ 200 mil”, lembra Beto Preto.
CONQUISTA - O empenho dos recursos necessários para a obra ainda no exercício de 2018 também foram comemorados ontem pela diretora-geral do Hospital da Providência, irmã Geovana Ramos. Ela anuncia que serão retomados de imediato os procedimentos para a licitação das obras e também explica alguns detalhes do que está previsto no projeto de execução. “Apesar de ser um novo pavimento, a ala da futura maternidade será totalmente isolada da atual estrutura, com acesso privativo, pela Rua Nagib Daher, contando com dois elevadores exclusivos e rampas de acesso”, relata. Segundo a diretora-geral, serão dois hospitais num mesmo prédio, mas com áreas e acessos distintos. “Atualmente, o Hospital da Providência Materno Infantil funciona em prédio alugado, nas antigas instalações do Hospital Santa Helena”, lembra a irmã Geovana. O Hospital da Providência Materno Infantil é referência regional nos partos de gestação de alto risco e atua com 100% de taxa de ocupação na UTI Neonatal. Já o Hospital da Providência atende Apucarana e outros 17 municípios da região Centro Norte do Estado, via Rede de Urgência e Emergência e também pacientes de outras regionais de saúde. Cerca de 80% de todos os atendimentos da instituição são realizados através do Sistema Único de Saúde (SUS).

Nenhum comentário: