PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
>

terça-feira, 6 de novembro de 2018

KALORÉ - Professor revolta moradores ao chamar ex-aluno de pobre e filho de preto em vídeo

Um professor do município de Kaloré esta deixando os moradores daquela cidade revoltados, após visualizarem na página pessoal do professor no facebook, uma live (vídeo ao vivo) chamando um ex-aluno de "pobre e filho de preto". A repercussão vão tão grande que até sites de notícias da região como a TN Online destacou o fato. Confira na íntegra. "Moradores da cidade de Kaloré, no Vale do Ivaí (norte do Paraná), estão revoltados com o comportamento de um professor que durante uma live pelo Facebook chamou um ex-aluno de “pobre e filho de preto”. No vídeo, o educador da rede estadual também critica os eleitores de Kaloré que, segundo ele, escolheram a ditadura, fazendo referência aos 64,88% de votos que Bolsonaro fez na cidade. A live foi gravada inclusive logo após o resultado do segundo turno da eleição, no dia 28 de outubro. O aluno em questão é Bruno Cruz, de 21 anos. Na live, ele pede autorização ao professor para participar da conversa, o que é aceito pelo docente que comenta o resultado da eleição. Em dado momento, Bruno diz que “nunca votou no PT”. Tal frase foi o suficiente para ocasionar a reação do educador.  Mãe de Bruno diz ter recebido o apoio de professores e membros da APP Sindicato, ao qual o educador é membro. Carla relata que as pessoas consideraram a "fala ofensiva e retrata uma falta de tolerância". No vídeo, o professor também faz críticas aos moradores de Kaloré que em sua maioria votaram no candidato eleito a presidência, Jair Bolsonaro (PSL). Ele chama a cidade de antro e diz que a população escolheu a ditatura, o retrocesso, e a repressão. “Kaloré deu ano 60, ditatura militar... Moralismo nojento. Essa é Kaloré”. O Repórter do Vale também se coloca a disposição para esclarecimentos e a defesa do professor.  Clica aqui e veja o vídeo.

Nenhum comentário: