href="https://1.bp.blogspot.com/-6gy4glK0nPk/XHGyQlw1tUI/AAAAAAADRDg/g44NPL06wLs5iJ6w2ILCd_7b2dAUxF7iACLcBGAs/s1600/na-chapa-restaurante.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;">
PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

IAP atende recomendação do MP e antecipa período de defeso no Rio Ivaí

O Instituto Ambiental do Paraná (IAP) publicou no início deste mês portaria que determina a proibição, durante todo o mês de outubro, da pesca de quatro espécies de peixes encontradas na Bacia do Rio Ivaí, a segunda maior do estado. O ato antecipa o período de proibição (defeso), que começaria no início de novembro, e foi publicado em atendimento à recomendação administrativa expedida pelo Ministério Público do Paraná. Procedimento instaurado pela Regional de Campo Mourão do Grupo de Atuação Especializada em Meio Ambiente, Habitação e Urbanismo (Gaema) demonstrou a ocorrência de antecipação da piracema (movimento migratório dos peixes para fins de reprodução), o que motivou o alerta ao órgão ambiental acerca dos riscos da pesca dos animais. A suspensão atinge as espécies dourado, pacu, pintado e jaú. A recomendação do MPPR também considerou estudo feito pela Universidade Estadual de Maringá que recomendou a suspensão da pesca no período. Na portaria, o IAP destaca que novos estudos técnicos poderão motivar a revisão do prazo de interdição da pesca. O período de defeso dura até fevereiro do próximo ano.

Nenhum comentário: