PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
>

sábado, 15 de setembro de 2018

BORRAZÓPOLIS - Quatro rapazes acusados de crime são presos

A Policia Civil de Faxinal sob a coordenação do Delegado Ricardo Mendes de Grandes Rios, juntamente com os investigadores Abel e Fernando Serpe, realizaram na manhã deste sábado (15), da operação Varredura, em Borrazópolis, onde quatro pessoas foram detidas, todas envolvidas no assassinato do João do Santos, o conhecido "Juruna", que foi violentamente agredido, com golpes de facão, no dia 11 de agosto. Segundo informações publicadas no Blog do Berimbau da Rádio Nova Era, dois dos envolvidos que são irmãos confessaram o crime, ou seja, que mataram a vítima, alegado como motivo o fato do homem ter invadido a casa, em que a mãe residiam, e ter tentando um constrangimento ilegal contra ela; Eles também afirmaram de ter acionado a Polícia Militar de Borrazópolis, sendo que os policiais de plantão não estavam na cidade, por causa estavam em uma outra ocorrência, por isso, a viatura de Cruzmaltina, foi quem atendeu. E logo após os PMs deixarem o local, houve uma nova tentativa de invasão da residência onde moram, por isso, o crime ocorreu, mas que não era a intenção de matar, apenas agiram em defesa da família. Também foram detidos mais dois jovens, sendo que um é morador da Rua Piauí, estava no local no dia do crime e é um amigo dos irmãos que confessaram tal ato, "ele" nega a participação e diz que é inocente; Já o outro é um jovem que é namorado da irmã dos rapazes que confessaram o crime, e que esse jovem nega de ter participado do crime em que esta sendo acusado, e que tudo será esclarecido a sua inocência na justiça. Para a Polícia Civil, diz que apesar de, a princípio, eles informar que não promoveram agressões, os mesmos assistiram o crime ser cometido sem nada a fazer em defesa do João do Santos. "Os dois rapazes, não tinham como fazer nada, porque a Polícia não estava na cidade e a equipe de Cruzmaltina já tinha voltado. Foi acionado o 190, mas ninguém apareceu, por isso, eles são inocente", disse um familiar dos acusados respondido ao Blog do Berimbau. Com colaboração - Jr. Dias e Ronaldo Senes.

Nenhum comentário: