PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009
Curta nossa página no Facebook e receba as atualizações de todas as notícias

sábado, 20 de janeiro de 2018

Saiba quais são as principais doenças de pele no verão

As alergias de pele são comuns no verão. Isso porque durante a estação ficamos mais expostos ao sol, o que aumenta a probabilidade dessas ocorrências. A dermatologista da Neoderme e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), Luz Marina Hannah Grohs, lembrou as principais irritações na pele e deu algumas dicas de como aliviar a coceira e vermelhidão características. Muita gente espera o ano inteiro pelo verão, mas o que ninguém gosta mesmo são as irritações na pele, típicas da estação. De acordo com a dermatologista da Neoderme e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), Luz Marina Hannah Grohs, no verão ficamos mais expostos ao sol, o que aumenta a probabilidade dessas ocorrências. “Nesta época do ano a pele fica mais exposta ao sol em termos de extensão, ou seja, braços, pernas, pescoço. Além disso, é nesse período que ocorrem mais picadas de insetos, e o uso de pomadas com anti-histamínicos (prometazina, dexclorfeniramina, entre outros) pode resultar em reação fotoalérgica, ou seja, reação desencadeada pelo sol. Em alguns casos, quando aplicada em áreas expostas pelo sol, a própria pomada pode levar à vermelhidão da pele e ao surgimento de bolhas como uma queimadura”, explicou a especialista. Urticária solar e brotoeja - Entre as principais afecções de pele no verão estão a urticária solar e a miliária, conhecida como brotoeja. A urticária solar se manifesta muito rápido, 5 a 10 minutos de exposição solar, ocorrendo irritação nas áreas expostas, seguidas de vermelhidão e edema da pele, formando as urticas. A melhora acontece em torno de uma a duas horas. Segundo a especialista, o tratamento envolve o uso de filtros solares, roupas com proteção solar e anti-histamínicos orais. Já a brotoeja ocorre geralmente em crianças com menos de 2 anos. As principais características são várias bolinhas pequenas vermelhas que surgem em regiões quentes (pescoço, colo, dorso), resultantes de obstrução das glândulas do suor que ainda são muito imaturas. “Nesses casos é importante evitar o hiperagasalhamento e usar hidratantes na pele da criança ou bebê”, lembra a doutora Hannah. Outro tipo de irritação comum é a manipulação de plantas ou frutas cujo suco ou casca contenham substâncias que podem causar queimaduras ou manchas na pele se expostas ao sol, sendo o mais conhecido o limão. LEIA MAIS.

Nenhum comentário: