PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009

segunda-feira, 30 de julho de 2018

Mãe de criança nega ter promovido arrecadação para filho e alerta suposta fraude em Novo Itacolomi

O paradão do som ocorreu no domingo (22) na cidade de Novo Itacolomi, para arrecadar dinheiro para tratamento de um suposto câncer de uma criança.
Vejam a mensagem encaminhada ao Blog do Wellyngton Jhonis: "Meu nome é Elisângela, sou mãe do menor João Victor, que à um mês e meio, foi diagnosticado com síndrome de guillain-barré, moramos em Apucarana, venho através do site, comunicar a população de Novo Itacolomi e região, que domingo (22), foi realizado um evento, um paradão de som, no Centro de eventos (rodeio) dizendo ser beneficente, em prol do tratamento de câncer do meu filho que nunca teve câncer. Eu quero esclarecer que hora nenhuma fomos procurados, que ficarmos sabendo do evento na véspera, que entrei em contato com um dos organizadores, questionei o mesmo pouco me deu atenção, depois me disse que o evento seria pra ajudar outra família também, questionei o porque não tava sendo divulgado o nome da outra família, não obtive resposta, porém a outra família participou de tudo, desde organização, até trabalhou na barraca de bebidas, enquanto conosco não se comunicaram pra saber ao certo a doença e ter nossa autorização, ao questionar os organizadores os mesmos se contradizem, o fato é que usaram o nome do meu filho é uma doença que ele nunca teve, no intuito de promover um evento, sem comunicar a família, na terça 24 entrei em contato com um dos responsáveis pedindo que nos procurasse, ele me disse a festa foi boa, mas o lucro foi pouco, vou levar no trabalho do seu esposo, quero que a população saiba que o valor que ele trouxe foi mil reais, que o João nunca teve câncer, e que em momento algum concordamos com isso, se a outra família foi ou não beneficiada não sei também, agradeço a todos que estão nos ajudando e participando da recuperação do meu filho, a cidade de Novo Itacolomi colaborou e está colaborando por isso acho justo que tenham conhecimento dos fatos. Quanto ao dinheiro esses mil reais está depositado na conta para o João, pois afinal foi arrecadado em nome dele. Não vou mexer com processo nem pedir prestação de contas, porque não é isso que queremos, estamos vivendo uma situação bem difícil já, e infelizmente existe gente capaz de se aproveitar disso" diz a mensagem encaminhada a nossa página. Nossa página se coloca a disposição para eventuais esclarecimentos dos envolvidos na situação.

Nenhum comentário: