PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009

segunda-feira, 25 de junho de 2018

Vereadores de Cruzmaltina fazem esclarecimento sobre denúncias no Ministério Público

Os quatro vereadores de oposição de Cruzmaltina, publicaram nota fazendo esclarecimentos a população sobre a denúncia ao ministério público referente a exoneração do ex-prefeito e atual secretário da fazenda de Cruzmaltina, Maurício Bueno, marido da prefeita Luciana Bueno. Segue a nota na íntegra: Queremos fazer um esclarecimento à população de Cruzmaltina quanto à seguinte matéria: “Ministério Público recomenda que prefeita Luciana Lopes de Camargo, exonere do cargo de secretário de fazenda, seu esposo, que é o ex-prefeito Maurício Bueno.” A prefeita tenta se fazer perseguida pelo nosso trabalho, mas somos vereadores de Cruzmaltina, eleitos pelo povo para fiscalizar a administração municipal e é isso que estamos fazendo e vamos continuar fazendo, tenha certeza disso, eleitor que nos confio seu voto. Realmente essa não é a primeira recomendação do Ministério Público da Comarca, que a prefeita recebe e acata. Ocorre que, se a administração estivesse trabalhando de maneira correta não teria que acatar nenhuma recomendação, na verdade, as irregularidades administrativas são tantas que o Promotor de Justiça teve que intervir, com vários inquéritos para apurar as responsabilidades. Por confiar também na transparência do MP e do Poder Judiciário, e para não dizer que estamos cometendo injustiça, é que estamos levando ao conhecimento dele as irregularidades que chegam até nos e para que os culpados, mais dia ou menos dia, sejam responsabilizados na forma da Lei. A eleição acabou sim, no dia 02/10/2016, a administração esta trabalhando normalmente e estamos cumprindo o compromisso que assumimos com a população e é nosso dever fiscalizar os gastos para que os recursos públicos sejam bem aplicados. Existem vários fatos que levamos ao conhecimento do Promotor de Justiça e estão em apuração; mas reflitam apenas sobre esses, que há tempos já se encontram em poder do Ministério Público: 1 – 13.
540 pães francês, consumidos em apenas um mês do ano de 2017; 2 - 644 refeições e 145 marmitas em pouco mais de 01 mês do ano de 2017; 3- R$ 9.300,00 gastos, entre os dias 09/01/2017 até 13/03/2017, pela prefeita e seu esposo em diárias para alimentação e hospedagem; 4 - R$ 62.996,12 em gêneros alimentícios, entre abril e maio de 2017, com somente 27 dias úteis, o gerou média de R$ 2.333.18 por dia de mercado; 5- R$ 15.928,50 em 2017 e R$ 4.866,00 em maio de 2018, com a Confeitaria e Doces de Dinizópolis, que se diz localizada no Sitio Nossa Senhora Aparecida, no Bairro da Lavoura de Cruzmaltina. 6- Os Servidores do Município não podem sequer ter aumento de salário digno, e muitos passam por dificuldades financeiras, por que a administração descumpre a lei de responsabilidade Fiscal, enquanto alguns funcionários e parentes da prefeita são beneficiados. 7- Os projetos que foram em benefício da população, foram todos por nós aprovados. A pergunta é: Por quê até agora não saíram do papel??? 8- Nossos requerimentos sim, por sermos oposição tiveram aprovação da câmara, porém nunca foram executados. 9- O comércio local não tem nenhum incentivo, os jovens indo embora por falta de empregos e os agricultores de mal a pior. Ganhamos sim as eleições, somos vitoriosos, pois, o povo nos elegeu vereadores de Cruzmaltina, com muito orgulho e é por eles que vamos lutar até o fim" finaliza.

Nenhum comentário: