PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009

segunda-feira, 21 de maio de 2018

SÃO JOÃO DO IVAÍ - Mobilização contra o abuso e a exploração de crianças e adolescentes

A secretaria de Assistência Social de São João do Ivaí realizou blitz em frente à prefeitura e passeata na Avenida Curitiba na manhã dessa sexta-feira (18). As ações são alusivas ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes. O prefeito Fábio Hidek Miura acompanhou o início das atividades e incentivou a população a denunciar. “Nossas crianças e adolescentes devem ser protegidos, por isso que a denúncia é a principal ferramenta para que os exploradores sejam conhecidos e penalizados”, afirma o prefeito. As atividades reuniram usuários dos serviços de assistência social, servidores públicos e população em geral. Durante a blitz, foram distribuídos panfletos e adesivos com o tema da campanha. A assistente social do município, Thassyana Maria Minicosi Alencar, destaca que maio é o mês voltado a esse tema e a secretaria de Assistência Social procura chamar a atenção da população com diversas atividades. “Além das ações realizadas hoje [18 de maio], também promovemos palestras show no teatro, uma iniciativa que foi bastante elogiada”. Campanha - A Campanha Faça Bonito é uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes e tem um dia Nacional de mobilização, o dia 18 de Maio. Esse dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune. A proposta é mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes. Para denunciar os exploradores, disque 100. A denúncia pode ser anônima.

Nenhum comentário: