PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009

segunda-feira, 12 de março de 2018

Ex-morador de Borrazópolis foi assassinado em Mandaguari

Vítima foi executada na presença de sua família com ao menos oito disparos de arma de fogo; suspeitos se identificaram como policiais
Informações e foto do portal Agora de Mandaguari
Conforme as informações divulgadas pelo portal Agora de Mandaguari, na noite de domingo (11), o segundo homicídio do ano foi registrado em Mandaguari. O crime aconteceu na Rua Projetada L, no Jardim Delgado, e a vítima trata-se de Michel Sandro Betil, 33 anos. Segundo informações de amigos, ele já foi morador de Borrazópolis, onde era conhecido por "PG". De acordo com a filha da vítima, a família chegou à residência por volta de 23h, após o expediente da mulher de Betil ter acabado. Às 23h30, um automóvel de cor escura estacionou próximo ao imóvel, e do carro desceram dois homens encapuzados. Os indivíduos chegaram ao portão, chamaram Michel pelo nome e foram entrando. De acordo com relatório divulgado pela Polícia Militar, os suspeitos se identificaram como policiais, e em seguida um deles começou a disparar contra a vítima. A filha do homem tentou entrar na frente para evitar o homicídio, porém um dos criminosos apontou a arma contra ela, proferindo ameaças. Em seguida, o outro envolvido efetuou disparos contra Michel, que não teve chance de defesa. Após os tiros, os criminosos voltaram ao carro e fugiram sentido à PR-444, e não foram encontrados. Uma equipe do Corpo de Bombeiros de Mandaguari chegou a ser acionada para ir à residência, mas quando os socorristas chegaram ao local constataram que Betil já estava morto. De acordo com a Polícia Científica, a vítima apresentava 16 perfurações em diversas partes do corpo, o que significa que o homem foi alvejado por ao menos oito disparos. Na residência foram encontrados ainda sete estojos de pistola .40, e a outra arma utilizada no crime provavelmente trata-se de um revólver calibre 38, informa a polícia. O corpo de Michel foi recolhido e levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Maringá. Para mais informações, acesse o portal Agora de Mandaguari, LEIA MAIS.

Nenhum comentário: