PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009

sábado, 24 de fevereiro de 2018

Prefeitura de Borrazópolis corta horário de transporte escolar e gera revolta dos moradores

DECISÃO DA PREFEITURA GEROU REVOLTA EM BORRAZÓPOLIS
Em nota o prefeito alega que está cortando gastos e o transporte irá ocorrer apenas no período da manhã. Mães estiveram com a secretaria da educação revoltadas com a decisão
Mães e pais que residem na área rural de Borrazópolis, e tem filhos matriculados na rede pública, estão revoltados com a medida anunciada nesta sexta-feira 23 de fevereiro de 2018, suspendendo o transporte escolar no período da tarde, consequentemente transferindo dezenas de alunos para o período matutino na rede municipal. A prefeitura alega que essa mudança foi tomada para cortar gastos significativos onde deve gerar economia aos cofres públicos. Entretanto, algumas mães reclamam que a alteração de horário vai atrapalhar a rotina dos filhos e das famílias. “Eles deveriam cortar outros gastos, ou se programarem melhor e não deixarem isso ocorrer” disse uma mãe revoltada a nossa reportagem. “Se tivessem avisado durante as matriculas, poderia ter evitado todo esse transtorno, e havíamos feito um planejamento melhor, dependemos do transporte , nunca houve essa situação e como residimos em um local de difícil acesso, nossas crianças terão que acordar de madrugada e andar vários KM até chegar no ponto de ônibus” disse uma moradora do Bairro Ponte Preta. Na tarde de sexta (23) dezenas de mães também estiveram reunidas com a secretaria de educação Cleide Michelin, para buscarem uma solução sobre o transporte escolar no período da tarde que será cancelado a partir já desta segunda-feira (26). Segundo as mães, elas querem que os ônibus transportem seus filhos normalmente, como está fazendo e também estará programando uma reunião com o ministério público, explicando sobre as dificuldades que serão enfrentadas com a decisão. "Fui procurado na tarde de ontem (23) por inúmeras mães que residem na área rural, descontentes com a decisão do executivo municipal. Também ficamos surpresos com a decisão, pois os vereadores não haviam sido comunicado antes. O presidente da câmara estará agendando uma reunião com o prefeito no inicio da semana para buscar uma solução para essa situação e será pauta na sessão de segunda-feira (26)" disse o verador Wellyngton Jhonis. NOTA DA PREFEITURA – Por telefone o prefeito alegou a nossa reportagem que a medida está tomada e não irá voltar atrás. “Se não cortarmos estes gastos agora, vamos sofrer no futuro, pois são medidas necessárias para controlarmos as despesas e caminhar outras áreas da administração. Fizemos reunião com o núcleo de Apucarana e com o MP, para comunicar a decisão, que inicia na próxima segunda (26). Também estamos buscando uma forma das aulas iniciarem um pouco mais tarde, ou seja, ás 08:00 horas da manhã, para também não prejudicar as crianças do pré-escolar” disse o gestor. ATENÇÃO –  Em breve mais detalhes e a matérias completa no Blog do Wellyngton Jhonis. (Colaboração da foto e informações: Roberto Oliveira do Jornal Catugi).

Nenhum comentário: