PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009

domingo, 25 de fevereiro de 2018

Novo plano diretor amplia opções de imóveis em Apucarana

Com a entrada em vigência – em janeiro de 2015 – das novas regras de Desenvolvimento, Zoneamento e Perímetro Urbano, Uso e Ocupação, e Parcelamento do Solo, Edificações e Sistema Viário, os empreendedores da construção civil voltaram a olhar Apucarana como solo fértil para novos investimentos. Isso porque, entre os diversos benefícios do novo Plano Diretor de Desenvolvimento, está a expansão de regiões permitidas para edificação de prédios. “Com isso temos hoje diversos edifícios e conjuntos residenciais verticais em construção, especialmente em bairros, regiões anteriormente proibidas para este tipo de obra. Bom para a economia da cidade e melhor ainda para nossos habitantes, que hoje têm opções em matéria de edificação vertical”, pontua o prefeito Beto Preto. Um exemplo citado por ele é o Condomínio Residencial Terra dos Ventos, que está sendo construído no Núcleo Habitacional Papa João Paulo I. O empreendimento, com 192 apartamentos divididos em 12 blocos, está enquadrado na faixa 2 do Programa Minha Casa, Minha Vida, do Governo Federal. Sob a responsabilidade da Casacchi Construções e Empreendimentos, de Astorga, 80 unidades já foram vendidas. “Em julho deste ano assinamos 50 contratos de financiamento e, nesta oportunidade, 30 outras famílias estão realizando o sonho do imóvel próprio, com financiamento e garantia de entrega da Caixa Econômica Federal”, destaca Jair Casacchi Júnior, proprietário da construtora. De acordo com ele, investir em Apucarana está sendo muito positivo. “Somos uma empresa com 30 anos de atuação e estamos muito contentes em Apucarana, onde temos tanto a Caixa como a prefeitura como parceiros”, frisou Casacchi Júnior. O Condomínio Residencial Terra dos Ventos tem 21% do cronograma executado. “A partir de agora teremos assinaturas de novos contratos praticamente toda a semana, pois o interesse dos apucaranenses tem sido muito grande”, revelou o empresário. “Tanto é que estamos estudando e devemos promover outros projetos habitacionais na cidade”, concluiu Casacchi. LEIA MAIS.

Nenhum comentário: