PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9977-1422

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

IVAIPORÃ - Anuncia ruas que serão pavimentadas nos próximos 2 anos

Reunido com membros do Plano Diretor Municipal e presidentes de bairros, o prefeito de Ivaiporã, Miguel Amaral, anunciou as ruas que serão pavimentadas com pedras irregulares, nos próximos dois anos. O anúncio foi feito na quinta-feira, dia 8 de fevereiro, no salão nobre da Prefeitura, onde também compuseram a mesa de honra o vice-prefeito Ilson Gagliano; diretor municipal de Obras, Bruno Montoro; presidente da Câmara de Vereadores, Nando Dorta; vereador Hélio Barros; e o presidente do Conseg (Conselho Municipal de Segurança), Celso Gomes. O presidente do Plano Diretor Municipal, Jair Burato, agradeceu às lideranças pela participação, justificando que é necessário haver união em prol da coletividade e considerando que a maior beneficiada é a população. O vice-prefeito Ilson Gagliano defendeu que “a participação da sociedade é muito importante na administração pública para auxiliar, contribuir, cobrar, fiscalizar e informar aos moradores as decisões tomadas pela gestão”. Sobre a pavimentação com pedras irregulares, Nando Dorta parabenizou o prefeito Miguel Amaral por dar continuidade ao programa e afirmou que a Câmara de Vereadores contribui com repasses mensais no valor de R$50 mil. Conforme garantiu o presidente, a Câmara de Vereadores é parceira da Prefeitura. “Não medimos esforços para economizar e devolver à Prefeitura”, reforçou Nando Dorta. Em seguida, Miguel Amaral agradeceu aos líderes pela presença e anunciou as ruas que serão pavimentadas nos próximos dois anos – totalizando 2.346.091,91 em investimentos. “Fizemos a licitação da maioria das ruas de Ivaiporã. Espero chegar ao fim do mandato com todas as vias pavimentadas”, desejou o prefeito. Durante a reunião, o prefeito lembrou que o Jardim Alto da Glória receberá pavimentação asfáltica. Para que isso aconteça, a Prefeitura de Ivaiporã aguarda a aprovação de financiamento no valor de R$1,6 milhão, que está sendo analisado na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano (Sedu).

Nenhum comentário: