PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Policial Militar ficou ferido durante ocorrência em Faxinal

Confusão terminou em duas pessoas detidas, acusadas de arremessar pedras na PM, desacato, embriagues, desobediência, direção perigosa, lesão corporal, resistência, maus tratos e por dirigir sem CNH no Jardim Nutrimil
Imagem do PM que teve ferimentos durante a ocorrência
Uma confusão mobilizou equipes da PM e terminou com um policial ferido, na noite desta terça-feira 24 de janeiro de 2018 em Faxinal. A situação ocorreu por volta das 20h52min na Rua João Ribeiro Falavinha, no Jardim nutrimil. Dois homens foram presos acusados de Arremesso de projétil, desacato, embriagues, desobediência, direção perigosa, lesão corporal, resistência, maus tratos e por dirigir sem CNH. No boletim encaminhado ao Blog do Wellyngton Jhonis, traz a seguinte informação: "Segundo relatos estaria ocorrendo vias de fato em uma residência no Jardim nutrimil em Faxinal e que um dos autores estaria armado. Chegando próximo ao local a equipe avistou dois indivíduos se evadindo do local da briga em uma motocicleta preta, dirigindo em alta velocidade, e realizando manobras perigosas sendo que o condutor quase chegou a colidir com a viatura da equipe policial, os mesmos entraram em uma residência localizada na Rua João Ribeiro Falavinha 391. Sendo que posteriormente os mesmos foram identificados ao descerem da motocicleta, os indivíduos começaram a xingar e ameaçar a equipe policial da viatura 9968, e começaram ir pra cima de um dos policiais, sendo que para se defender o fez o uso do espargidor, diante disto os indivíduos retornaram para o quintal da residência e antes efetuaram alguns chutes na lataria da viatura 9968, e ao entrarem no quintal pegaram pedras e jogaram na direção do policial, sendo que uma pedra lançada pela a pessoa de S. acertou a porta da viatura 9968. Com a chegada do apoio da viatura 11645, foi realizado o adentramento na residência, sendo que a pessoa de S. ao avistar a chegada da outra viatura de imediato se evadiu do local pelos fundos da residência, e a pessoa de J. H. novamente tentou agredir a equipe policial com chutes e socos, sendo necessário fazer o uso progressivo da força e também o uso de tonfa, para conter as agressões de J. H., a equipe fez o uso de técnicas e conseguiu realizar o algemamento do mesmo e o encaminhou até o camburão da viatura 9968. No camburão J. H. continuo xingando os policias e o mesmo efetuou vários chutes na parte interna do camburão. Devido à situação diversos populares se aglomeraram próximo as viaturas, sendo que um indivíduo posteriormente identificado com A. recebeu a ordem para afastar-se ele começou a desacatar a equipe que foi dada voz de prisão contra o mesmo sendo que este não acatou e no momento de ser imobilizado o mesmo desferiu vários socos contra um policial sendo necessário o uso de bastão e que enquanto esta equipe tentava imobilizar o referido uma pessoa do sexo feminino que afirmou ser esposa estava com uma criança de colo em seus braços tentou impedir a todo momento a prisão do autor, que em dado momento a mesma desferiu vários arranhões contra a cabeça e a face de um dos policiais o que provocou varias lesões, onde que a todo momento a esposa expôs a criança a todo o perigo que a situação provocou, e que o referido soldado teve de fazer uso técnicas de imobilização sendo que A. veio a cair juntamente com um policial e que no momento da queda o mesmo veio a bater com a cabeça no chão o que provocou lesão no couro cabeludo e um intenso sangramento, que tal sangue entrou em contato com dois policiais, que após dominado o mesmo foi algemado conduzido juntamente com J. H. para o pronto socorro desta cidade os quais foram devidamente atendidos e medicados e fornecido água corrente para fazer a descontaminação da face de J. H., que após serem devidamente atendidos foram conduzidos para a 53° DRP de Faxinal e a motocicleta foi devidamente removida onde que a pessoa de J. H. E. P., que conduzia a motocicleta apresentava fortes sinais de que havia consumido bebida alcoólica onde foi oferecido o teste de alcoolemia com Etilometro da marca Elec modelo BAF-300 número de série 03789, que o referido teste apontou a quantia de 0,34 mg/l configurando assim o crime previsto no artigo 306 do CTB. Que a motocicleta em questão trata-se de uma Honda/modelo CG que está com a numeração do chassi suprimida e a placa consta em outra motocicleta. Diante dos fatos todas as providências foram tomadas" diz a nota encaminhada pela PM. Nomes não foram divulgados no boletim.

Nenhum comentário: