PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Polícia ouviu a jovem acusada de tentar matar bebê em Apucarana

Conforme divulgado pela Rádio 98 FM, a Polícia Civil de Apucarana, informou que ouviu a adolescente de 17 anos acusada de estrangular e de tentar jogar a própria filha no vaso sanitário da UPA em Apucarana. Segundo o delegado chefe Dr. José Aparecido Jacovós a adolescente foi liberada após o depoimento, mas confirmou que a família dela não sabia da gravidez. “Ela disse que não contou para a mãe por sentir medo,” relata o delegado. Outros detalhes do depoimento ainda não foram divulgados, e o caso segue sendo investigado. “Estamos investigando quem é o pai da criança, se a jovem ingeriu algo para provocar um aborto. Mas esse crime não vai ficar em pune, a adolescente pode responder por infanticídio, tentativa de homicídio ou lesão corporal seguida de morte” destaca Jacovós O delegado ainda disse que as famílias precisam conversar e orientar melhor os filhos, para tentar evitar que casos lamentáveis aconteçam. Relembre o caso: A adolescente de 17 anos foi encaminhada à UPA com fortes dores abdominais na madrugada do dia 31/12. Ela se trancou no banheiro onde ganhou a filha, e segundo a Polícia tentou estrangular e jogar a criança no vaso sanitário. Funcionários decidiram arrombar a porta após ouvirem uma movimentação estranha e o choro de uma criança. Eles teriam flagrado a jovem enforcando o bebê e tentando jogá-lo. O Samu encaminhou a bebê juntamente com a mãe ao Hospital da Providência Materno Infantil, mas a criança não resistiu e morreu. LEIA MAIS.

Nenhum comentário: