PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9977-1422

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Polícia de Apucarana prende mulher e amante suspeitos de planejar morte de caminhoneiro para receber seguro

A Polícia Civil de Apucarana (norte do Paraná) conseguiu elucidar um homicídio consumado em 25 de novembro de 2017, na região norte da zona rural do município, mesmo iniciando as investigações com poucas informações. De acordo com o delegado chefe 17ª Subdivisão Policial (SPD), José Aparecido Jacovós, Cristiane Nascimento de Abreu e André Alves de Mira executaram o caminhoneiro Sérgio Francisco de Abreu, 53 anos. O corpo do profissional do volante foi encontrado carbonizado dentro de um caminhão que estava em imóvel rural à margem do Contorno Norte em Apucarana. A Polícia Civil teve muito trabalho para chegar aos suspeito, pois o laudo do Instituto Médico Legal (IML) não apontou causa morte que pudesse ter sido produzida antes do incêndio no caminhão, mas após a quebra do sigilo telefônico da vítima e montagem de um quebra cabeça, investigadores dos setores de homicídio e inteligência da 17ª SPD chegaram à esposa do motorista assassinado, Cristiane Nascimento de Abreu e ao amante dela, André Alves de Mira como suspeitos de envolvimento e autoria do crime. Confissão e apresentação - Os dois foram presos na terça-feira (16) pela Polícia Civil e já confessaram o crime. O delegado chefe José Aparecido Jacovós vai apresentar os dois à imprensa nesta quarta-feira (17), às 14h30 na 17ª SPD. Detalhes chocantes - Segundo Jacovós, há detalhes chocantes sobre o crime, que foi premeditado pelos amantes. Cristiane foi presa no interior de um hospital onde trabalha em Arapongas. A vítima era casada com ela há 20 anos e os dois têm um filho de 18 anos. As informações são do Jornal Tribuna do Norte.

Nenhum comentário: