PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

PM registra BO contra funcionário do Samu por suposto mau atendimento

Imagem meramente ilustrativa
Uma matéria desta terça (30) chama a atenção no portal de noticias Tn Online do grupo Tribuna do Norte e destaca um funcionário do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Apucarana que foi denunciado por suposto mau atendimento em boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar (PM) após solicitação de socorro para uma mulher de 70 anos que caiu e sofreu corte na cabeça quando estava na Praça Rui Barbosa acompanhando a prova 28 de Janeiro. De acordo com a PM, o Samu foi acionado após idosa sofrer uma queda de mesmo nível e bater a cabeça no meio fio. A vítima acabou socorrida por terceiros e levada ao Hospital da Providência depois de 40 minutos que a PM solicitou apoio do Samu. De acordo com o BO, a equipe da PM acionou o Samu por volta das 20h30 de sábado (27), informando que havia uma vítima caída, com um corte na cabeça e a mesma estava desorientada. Por volta das 20h53 um policial militar ligou novamente para o 192 e o atendente informou que havia repassado para que o Siate do Corpo de Bombeiros prestasse o atendimento, porém o PM questionou o motivo de passar o atendimento para os Siate, sendo que se a ambulância do Samu estava na Praça Rui Barbosa dando suporte emergencial na Prova 28 de Janeiro e teria acabado de socorrer uma pessoa. O policial questionou ainda se estava faltando ambulâncias para atendimento e o atendente apenas informou que repassou para o Siate por que a equipe estava no centro e tinha viatura disponível. O militar perguntou o nome do atendente, que se negou a fornecer dados a equipe policial para a confecção do boletim de ocorrência de apoio a outro órgão. A mulher ferida esperou a ambulância por cerca de 40 minutos, já que a equipe policial não poderia deixar o local por causa da corrida. LEIA MAIS.

Nenhum comentário: