PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9626-2009

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Briga sobre política no WhatsApp termina com indenização de R$ 2 mil

Diversas polêmicas tomaram conta da internet nos últimos tempos, potencializadas dentro das redes sociais. Porém, uma briga em um grupo de WhatsApp foi parar até na justiça, e terminou com uma mulher sentenciada a pagar R$ 2 mil a um colega. O motivo? Chamou o colega de “advogado de meia tigela” e “advogado de porta de cadeia”. O caso foi levado ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais quando o advogado e historiador Leopoldo Rocha Ferreira se sentiu ofendido em um grupo com antigos colegas da faculdade de História. “A gente tinha esse grupo para manter contato. A gente falava sobre política, o contexto social do país. Mas ela ultrapassou o limite da discussão e passou para falta de respeito. Eu fui agredido moralmente”, explicou o homem em entrevista ao portal G1. Uma audiência de conciliação foi marcada, mas como nenhuma das partes entrou em acordo e a mulher alegou que aquele foi “um mero aborrecimento”, a juíza Lucélia Alves Caetano precisou estabeleceu um valor de indenização. Em sua decisão, ela afirmou que “nos dias atuais, publicações em ambientes virtuais podem ter um alcance ilimitado, sendo crível, então, que a parte autora teve a sua reputação abalada em razão da conduta da parte ré”. Informações Curiosamente, LEIA MAIS

Nenhum comentário: