PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9977-1422

domingo, 7 de janeiro de 2018

BORRAZÓPOLIS - Trio é preso em Jandaia do Sul após torturar e assaltar idosa em Borrazópolis

Uma idosa que reside na Rua Independência em Borrazópolis foi vítima de tentativa de assalto e tortura, crime realizado no início da tarde deste domingo, 07 de janeiro. O caso foi comunicado a Polícia Militar, onde os soldados Filete e Eduardo, conseguiram agir com muita eficiência, fechando o cerco na região e conseguindo prender quatro suspeitos, sendo três homens e uma mulher. Por volta das 12:30 horas, deste domingo, dia 07 de janeiro, de 2018, vizinhos da aposentada em Borrazópolis, que seria moradora da região da Rua Independência, ligaram para a PM comunicando o fato. Ao chegar na residência, a vítima apresentava lesões no braço e pequeno sagramento na cabeça, que teria sido provocado com um pedaço de madeira. Ela contou que os bandidos  queriam dinheiro, como disse que não tinha, começaram as agressões. A mulher pediu socorro, momento em que os meliantes saíram em um carro prata. Segundo vizinhos, seria um Ford Fiesta. Imediatamente foi acionada o soldado Maxwel de Kaloré, de Kaloré. Como já havia a possibilidade do carro ter passado o município, também foram acionados os soldados Oliveira e Lucas, de Marumbi, e ainda Soldados Tomasi e Diego, de Jandaia do Sul. Após buscas, o carro foi visualizado próximo a Fazenda do apresentador do SBT, o Carlos Massa, conhecido "Ratinho". Houve a abordagem e constatada a presença dois rapazes de nome Lucas e Rony, e uma moça identificada por Tassiane, todos foram revistados, com ajuda da Policial Feminina Oliveira, sendo que nada de ilícito foi encontrado. Porem, ao levá-los de volta para  o município de Borrazópolis, onde o assalto ocorreu, os detidos foram reconhecidos pela idosa e por mais duas testemunhas, inclusive um deles, também reconhecido por meio de filmagens de um agência Bancária de Borrazópolis, como o mesmo que praticou um golpe contra a mesma vítima em data anterior. Os três indivíduos negaram participaram no crime e continuam afirmando que são inocentes. O caso foi entregue a Polícia Civil. Colaboração Ronaldo Senes e Adnré Amaral.

Nenhum comentário: