PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9977-1422

domingo, 3 de dezembro de 2017

Projeto “Cidade Digital” oferece Wi-Fi gratuito em Arapongas

Assessoria - Após dois meses de implantação, o projeto “Cidade Digital”, da Prefeitura de Arapongas, já leva internet gratuitamente para 1060 usuários da área central e zona rural do município. O fiscal de obras Alex José, 33 anos, por exemplo, aproveita o horário de almoço para assistir aos vídeos de um curso à distância em gestão pública em que ele está matriculado. “Antes eu não tinha Wi-Fi no ambiente de trabalho e ficava ocioso nesses horários vagos. O projeto facilitou demais, não só para mim, mas para todas as pessoas que precisam do sinal para estudar ou trabalhar”. Alex, que é de Apucarana, mas trabalha em Arapongas, elogiou a eficiência do cadastro e a rapidez da internet. “Eu entrei no site e me cadastrei. Em menos de dois dias recebi no meu e-mail, o login e a senha. O sinal é muito bom e tem uma boa velocidade. Que bom que as pessoas que não têm condições também terão acesso à internet”, explica. Diariamente, segundo Tiago Valladão, diretor de Tecnologia de Informática (TI) da prefeitura, a equipe recebe, em média, 20 solicitações de cadastros. “É gratificante, pois conseguimos atender a população mais carente, que não teria condições de contratar um plano de internet nessas regiões. São pessoas que não teriam condições e que estão tendo essa oportunidade”. A Prefeitura de Arapongas inaugurou o projeto em outubro deste ano e, ao todo, 72% da cidade vem sendo contemplada com sinal de Wi-Fi gratuito nesta primeira etapa do programa. “Cidade Digital”, que além de interligar todos os setores da administração pública, prevê acesso gratuito à internet, em locais públicos, como parques, praças, prédios públicos, unidades de saúde e escolas municipais. Os analistas de TI, Vagner Mantovani e Moisés Galian são os idealizadores do projeto que teve o ponto de partida em 2011, após uma licitação do Ministério da Tecnologia. “Existem diversas maneiras de implantar a tecnologia digital e a gente achou mais interessante o Wi-Fi público pela praticidade”, conta Vagner. Para garantir internet livre, nove torres e pouco mais de 70 pontos de distribuição de sinal de foram instalados pela cidade. Ao todo, R$ 6,9 milhões foram investidos no projeto. A previsão de fornecimento do login e senha de acesso é de três dias úteis, a partir da entrada do protocolo do termo de adesão. Um mapa com os pontos de acesso e demais informações de cadastro podem ser acessados no link do programa. “A gente percebeu que ainda que o uso ainda está tímido, pois as pessoas cadastradas ainda não estão usufruindo totalmente do recurso. Porém, é um número bom de pessoas e esse quadro deve mudar em breve”.

Nenhum comentário: