PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9977-1422

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

SÃO JOÃO DO IVAÍ - Feira de Jovens Empreendedores atraiu grande público


Há três anos, é desenvolvido em São João do Ivaí o projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), através da parceria entre Sebrae e prefeitura. Todas as escolas municipais participam. A proposta incentiva a quebra de paradigmas e o desenvolvimento de habilidades e comportamentos empreendedores. O encerramento do projeto acontece anualmente com a exposição dos produtos confeccionados pelos alunos. Até o ano passado, os estudantes apresentavam seus produtos em feiras individualizadas, ou seja, cada escola promovia a sua exposição. Esse ano, a secretaria de Educação decidiu juntar todas as escolas em apenas uma feira, que aconteceu na última terça-feira (14), no Salão Paroquial. Para a secretária de Educação, Daiene Bueno, a mudança foi bem aceita, visto que a população lotou o local do evento. “Além de juntar as escolas, o horário também colaborou para que os pais e a população pudessem prestigiar”, disse. A feira do JEPP começou às 18h e os organizadores acreditam que mais de 1.300 pessoas visitaram o espaço até as 21h00. O prefeito Fábio Hidek Miura, grande incentivador do projeto, visitou todos os estandes e parabenizou os alunos pela evolução nos trabalhos. “Os trabalhos evoluem a cada ano e tudo se deve ao empenho dos professores que aceitaram a proposta e fizeram o município ser reconhecido por todo esse empenho”, disse o prefeito, se referindo ao prêmio concedido pelo Sebrae em 2016, pela prática da educação empreendedora. A vice-prefeita Carla Emerenciano também prestigiou o evento e afirmou que o JEPP é um projeto de sucesso. “Passei por todos os espaços e dá para perceber que os alunos estão evoluindo, começando desde cedo a entender o mundo do empreendedorismo e da comercialização. Parabenizo todos os envolvidos nesse sucesso”. Cada escola montou seu estande e os produtos oferecidos tinham preços simbólicos, com o propósito de incentivar os alunos. “Se o aluno conseguir assimilar esse projeto para a gerência da própria vida, seja no pessoal, profissional e social, podemos acreditar que o futuro será bem diferente. Por isso que vamos continuar incentivando e realizando o JEPP”, concluiu Daiene. A feira também contou com estandes da APAE, Polo da Universidade Aberta do Brasil (UAB) e do Instituto Federal do Paraná (IFPR), além de mais um atrativo: apresentações de danças.



Nenhum comentário: