PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9977-1422

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Prazo para usar Nota Paraná no IPVA acaba no dia 30

Proprietários de veículos emplacados no Paraná têm apenas dez dias para usar créditos do Nota Paraná para pagar menos IPVA em 2018. Desde o dia 1º de novembro, 62.860 pessoas fizeram a transferência de R$ 7,4 milhões que acumularam em créditos e sorteios do programa de cidadania fiscal para o pagamento de parte ou de todo o imposto. A adesão já é 61% maior que a registrada em todo o mês de novembro de 2016, quando 38.968 donos de veículos pagaram menos IPVA porque pediram “CPF na nota” em compras no varejo e destinaram R$ 6,1 milhões para abater ou quitar o que deviam do imposto. “A adesão cresce diariamente e esse número certamente vai aumentar até o fim do mês”, diz o secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa. O prazo para a transferência vai até o dia 30 de novembro e ela deve ser feita no portal www.notaparana.pr.gov.br ou pelo celular com o aplicativo do programa. De acordo com Costa, alguns participantes do programa estavam aguardando a liberação dos créditos de novembro, realizada na semana passada, para fazer a transferência para pagamento do IPVA. “Sugiro que eles verifiquem seus saldos e façam a transferência, porque essa janela para aproveitamento dos créditos só ocorre uma vez por ano, no mês de novembro”, orienta o secretário. Abatimento pode ser parcial - Com os créditos do Nota Paraná é possível efetuar tanto o pagamento total como parcial do IPVA e não há limite de valor a ser utilizado. Para fazer a transferência, o participante do programa deve acessar a conta do programa e clicar na aba “minha conta corrente” e no menu “utilização de crédito”. Depois, clicar na opção “Transferir crédito para pagamento de IPVA – Exercício 2018” e seguir as instruções. Para utilização, os créditos deverão estar na conta do Nota Paraná do proprietário do veículo. O CPF cadastrado no Nota Paraná deve ser o mesmo do dono do automóvel. O IPVA de mais de um veículo de um mesmo proprietário pode ser pago com os créditos. Se o contribuinte não tiver o valor suficiente para quitar o imposto, receberá um boleto com a diferença, para que o pagamento seja complementado em 2018.

Nenhum comentário: