PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9977-1422

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Patronato municipal apresenta selo de prêmio ODS aos juízes de Apucarana

O ato foi realizado na tarde desta quarta-feira (01) no salão do júri do Fórum Desembargador Clotário Portugal.
Fotos: Josias Profeta
A equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social, através do Patronato Municipal apresentou na tarde desta quarta-feira (01), no salão do júri do Fórum Desembargado Clotário Portugal, o Selo do Prêmio ODS Sesi, conquistado pelo programa, aos juízes criminais da Comarca de Apucarana, Drº José Roberto Silvério e Drº Oswaldo Soares Neto. De acordo com a vereadora Márcia Sousa, que também é a coordenadora regional do ODS para Apucarana e Vale do Ivaí, o Prêmio ODS é um desdobramento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. “Os ODMs foram criados para o ciclo 2000/2015, quando foi definida uma nova agenda até 2030, que são os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, explica. O Procurador Geral do município, Drº Paulo Sergio Vital explicou que o Patronato Municipal de Apucarana foi criado em 2013, através de uma parceria entre o Município e o governo do Estado. “O programa atua na fiscalização do cumprimento de penas aplicadas pela Justiça Estadual, oferecendo assistência multidisciplinar e encaminhando os apenados para prestação de serviços comunitários. Atualmente, mais de 500 condenados são assistidos mensalmente, número que deve aumentar, pois em breve será assinado convênio para atender também presos condenados pela Justiça Federal”, destaca Vital. O juiz da 2ª vara criminal de Apucarana, José R oberto Silvério destacou o merecimento do prêmio. “Esse prêmio ao Patronato Municipal é merecidíssimo. Esse programa desenvolvido aqui em nossa cidade tem sido destaque no Paraná e no Brasil, e talvez seja merecedor de prêmios maiores, por esse trabalho realmente de pacificação e de ressocialização junto aos egressos e condenados que cumprem suas penas em regime semi aberto e aberto”, afirmou Silvério. Drº Oswaldo Soares Neto, juiz da 1ª vara criminal além de enaltecer o trabalho desenvolvido pelo patronato, apresentou números satisfatórios dos resultados colhidos pelo programa.” O índice nacional de reincidência é na faixa de 70%, aqui em Apucarana com o trabalho do patronato os condenados que são efetivamente atendidos e atendem as recomendações a reincidência não passa de 15 a 20 por cento. É um numero extremamente reduzido, e a gente espera realmente alcançar um índice ainda melhor para que possamos ver os assistidos pelo patronato retomando suas vidas, alguns já iniciando curso superior, alguns retomando os estudos que algum momento de suas vidas pararam e outros voltando ao trabalho”, finalizou o juiz. Ainda participaram da solenidade o promotor de justiça da 5ª promotoria, Drº Fabricio Drumond Monteiro, a Secretária de Assistência Social, Ana Paula Nazarko, a Defensora Pública, Drª Renata Miranda Duarte, o Vice- Diretor da Unespar, Drº Edson Carlos Pereira, além de professores e alunos da instituição.

Nenhum comentário: