PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9977-1422

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Apucaranense que tentou apagar a tocha olímpica é encontrado degolado

Eduardo Alberto Torres, o homem que ficou conhecido por tentar apagar a tocha olímpica com um extintor de incêndio quando ela passou por Joinville, em julho do ano passado, foi encontrado morto na tarde deste domingo. Segundo a Polícia Militar de Araquari, que atendeu o caso, o homem foi degolado, ele estava em uma construção em Araquari, no km 62 da BR-101. O corpo foi encaminhado por volta das 16 horas para o IML de Joinville, onde aguarda a liberação da família. Ela deve ocorrer apenas nesta segunda-feira, já que os parentes de Eduardo foram de Apucarana (PR), o corpo será trasladado para velório e sepultamento em Apucarana. Em 13 de julho do ano passado, Eduardo foi ao revezamento da tocha olímpica, que ocorria na avenida Beira-rio, na região Central de Joinville e, com um extintor de incêndio, tentou apagar a chama, mas logo foi contido por um policial e encaminhado até a Central de Polícia. Ele foi solto na mesma noite, após assinar um termo circunstanciado, e responderia pelo crime de perturbação ao sossego, com o compromisso de comparecer ao judiciário. Na época, Eduardo alegou que não concordava com as Olimpíadas no Brasil e acreditava que o dinheiro usado no evento deveria ser investido em outras prioridades. O caso ganhou repercussão nacional, com a notícia da ação de Eduardo publicada em jornais e portais do Brasil inteiro. O momento em que ele tentou apagar a tocha foi transmitido ao vivo pelo GloboEsporte.com. Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram a morte de Eduardo. “À família, meus sentimentos. Ao meu amigo, a justiça. Não se mata uma ideia.”, escreveu uma amiga. Fonte: Jornal A Notícia.

Nenhum comentário: