PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9977-1422

domingo, 8 de outubro de 2017

Vigia que ateou fogo em crianças demonstrava transtorno há três anos

Ministério Público apura por que funcionário com problemas mentais trabalhava em creche
Damião Soares dos Santos, responsável pelo ataque às crianças, sofria de transtorno persecutório, segundo a Polícia Civil. O Ministério Público (MP) de Minas vai apurar por que um funcionário com problemas mentais trabalhava na educação infantil. “Ele começou a demonstrar transtornos em 2014, quando foi ao MP denunciar que a mãe estava envenenando a comida dele, mas era mentira”, diz Renato Henriques, chefe do Departamento da Polícia Civil de Montes Claros. Na época, Santos também disse que a mãe havia assassinado o pai com veneno. No dia do ataque, se completaram três anos da morte do pai do vigia. Não foi achado até agora, diz a polícia, registro de consulta médica ou receita que comprove uso de remédio. Ao longo da semana, parentes do vigia relataram que ele repetiu que daria um presente à família e que morreria. Para vizinhos da creche, ele parecia normal. “Não mostrava isso para a sociedade.” Por Estadão Conteúdo.

Nenhum comentário: