PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9977-1422

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Saúde mental realiza ações para praça Rui Barbosa em Apucarana

Iniciativa faz parte da programação comemorativa ao Dia Mundial de Saúde Mental
Com um quadro de 700 pacientes entre crianças, adolescentes e adultos, o Departamento de Saúde Mental da Autarquia Municipal de Saúde Apucarana desenvolveu hoje (18) programação comemorativa ao Dia Mundial de Saúde Mental, celebrado no dia 10 de outubro. As atividades foram desenvolvidas na Praça Valmor Santos Giavarina (Praça da Onça) com técnicas de relaxamento mental a cargo da instrutora de ioga Jesana Gambi e roda terapia conduzida pela equipe que desenvolve esse trabalho em várias Unidades Básicas de Saúde do município. O evento também foi marcado por apresentação de música e depoimento de pacientes, como o de Eulles Nathan de Souza, uma das 400 pessoas atendidas no Centro de Atendimento Psicossocial de Apucarana Álcool e Drogas (CAPS AD). “Durante muito tempo as doenças mentais eram sinônimo de internações compulsórias e segregação social. O tratamento oferecido era cruel e desumano. Mas isso mudou. Nós atestamos que o tratamento alternativo é mais eficiente ao doente mental e dependente químico. É isso que encontramos CAPS. Por causa do atendimento que recebemos nossa esperança por um futuro de realização se abre. Os profissionais nos dão total apoio e incentivo. E assim nos vamos indo em frente”, disse Eulles de Souza. A Reforma Psiquiátrica, em vigor no país a partir da lei 10216, de 2001, estabelece os direitos e deveres da pessoa com transtorno mental, com ênfase a uma nova forma de tratamento em que é mais trabalhada a inserção, com suporte social e familiar. A rede pública de saúde mental de Apucarana oferece cuidado integral ao usuário através do Centro de Atendimento Psicossocial Infanto Juvenil de Apucarana (CAPS IJ), Centro de Atendimento Psicossocial de Apucarana Álcool e Drogas (CAPS AD), CAPS do Vale do Ivaí “Nova Mente”, em Cambira, onde são atendidos casos de apucaranenses com transtorno mental mais grave; e ainda através do ambulatório do Departamento de Saúde Mental da AMS. Inaugurado em novembro de 2008, o CAPS IJ busca o resgate da cidadania das crianças e adolescentes atendidos. O CAPS IJ conta hoje com 300 pacientes de até 18 anos, enquanto o atendimento do CAPS AD ultrapassa a 400 pessoas.

Nenhum comentário: