PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9977-1422

sábado, 7 de outubro de 2017

Saúde faz o “Raio-x” do câncer de mama em Apucarana

Entre 2015 e agosto deste ano, 107 mulheres foram diagnosticadas com a doença na cidade. Número de óbitos no período foi de 34. Como forma de incentivo as mulheres recorrerem à prevenção e diagnóstico precoce proposto dentro da Campanha Outubro Rosa, a Autarquia Municipal de Saúde apresenta um balanço da estatística de mamografias realizadas, casos câncer de mama e óbitos pela doença em Apucarana, entre 2015 e agosto de 2017. Uma das mais eficazes formas de diagnóstico precoce do câncer de mama, as mamografias realizadas pelo SUS vêm tendo cada vez mais procura em Apucarana. O exame gratuito recomendado anualmente para mulheres a partir dos 50 anos foi realizado por 5.575 apucaranenses em 2015; em 2016 por 6.928, num acréscimo de 24.3%. Já em 2017, num levantamento entre janeiro e agosto mostra 4.242 exames. “Esse crescimento mostra que as mulheres estão cada vez atendendo ao chamamento para a prevenção do câncer de mama e isso pode salvar muitas vidas”, analisa o diretor presidente da Autarquia Municipal de Saúde, Roberto Kaneta. Dentro do mesmo período de análise, o município apresenta um quadro de aumento no número de casos de câncer de mama. Em 2015, 27 mulheres foram diagnosticadas com a doença, sendo que em 2016 o número quase dobrou, com 44 casos. Neste ano já são 36 registros da doença. O número de óbitos, por outro lado, apresentou uma queda entre 2015 e 2016, período em que as mortes por câncer de mama caíram de 14 para 10 entre um ano e outro.
Em 2017, 10 mulheres já perderam a vida em função da doença. O levantamento mostra as faixas etárias dos casos de óbitos ao longo destes três anos juntos: de 30 a 39 anos, 2 casos; de 40 a 49 anos, 8 casos; de 50 a 59 anos, 8 casos; de 60 a 69 anos, 5 casos; acima de 69 anos, 11 casos. “Nos últimos dois anos e oito meses, 34 apucaranenses perderam a vida vítimas do câncer de mama. Quanto mais cedo à doença for diagnosticada, maiores as chances de cura”, enfatiza Roberto Kaneta. O câncer de mama pode ser detectado em fases iniciais, em grande parte dos casos, aumentando assim as chances de tratamento e cura. O auto-exame é recomendado em todas as faixas etárias, sendo que a maior parte dos cânceres de mama é descoberta pelas próprias mulheres. Além de estar atenta ao próprio corpo, também é recomendado que mulheres de 50 a 69 anos façam uma mamografia a cada dois anos. Esse exame pode ajudar a identificar o câncer antes do surgimento dos sintomas. No Brasil, a recomendação do Ministério da Saúde, assim como a da Organização Mundial da Saúde, é a realização da mamografia em mulheres de 50 a 69 anos, uma vez a cada dois anos. Como prevenir: Cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis como: – Alimentar-se de forma saudável – Manter o peso corporal adequado – Evitar o consumo de bebidas alcoólicas – Amamentar – Auto-exame de mama.

Nenhum comentário: