PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9977-1422

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Paraná busca ser 1º Estado a engajar todos os municípios na implantação dos ODSs


O Paraná quer se tornar o primeiro Estado brasileiro a integrar todos os seus 399 municípios nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs) elaborados pela Organização das Nações Unidas (ONU). Para atingir essa meta, o Estado vem constituindo parcerias e estabelecendo diretrizes para aprimorar o projeto. Por meio de alianças entre órgãos apoiadores como Tribunal de Contas, Assembleia Legislativa, Copel, Sanepar, Celepar e o Ipardes, estratégias vem sendo confeccionadas para o desenvolvimento do programa. Em evento realizado nesta segunda-feira (30 de outubro), no auditório do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) os gestores de cada um desses parceiros puderam expor as ações em andamento para implementar as medidas. Os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável são uma agenda mundial de 17 itens e 169 metas, adotada durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, em 2015. Os objetivos previstos devem ser alcançados até 2030 e envolvem, por exemplo, ações para a erradicação da pobreza, segurança alimentar, saúde e educação.Representando o TCE-PR estavam o conselheiro Fernando Guimarães e Adriana Lima Domingos, servidora da Terceira Inspetoria do Controle Externo (3ª ICE), que apresentou o Programa ODS-Paraná, composto, entre outros, de abordagem do controle externo como agente indutor da implementação dos ODS. Entre os produtos do trabalho estão o "Orçamento ODS" e análise específica na Prestação de Contas do Governador - exercício de 2017. A principal convidada do encontro foi a vice-diretora do programa Cidades do Pacto Global da ONU, Elizabeth Ryan. Também esteve presente a vice-presidente do Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico e Social do Paraná (Cedes), Keli Guimarães. Informação de qualidade -
 Elizabeth Ryan evidenciou a importância da construção de parcerias para a implementação dos 17 objetivos da ONU. Segundo ela, o pacto global vem mobilizando não só ao Paraná, mas todo o Brasil. A partir do foco nas especificidades dos municípios, torna-se possível mostrar as melhores políticas sustentáveis para o mundo. "Com as decisões globais e com todas as partes envolvidas, finalmente temos um mapa com os objetivos principais", afirmou. O conselheiro Fernando Guimarães, ressaltou que o evento é uma ótima oportunidade para a integração de informações de qualidade. Esses dados possibilitarão que as instituições planejem seus orçamentos com base em programas anteriores. A vice-presidente do Cedes disse que o maior foco do órgão é nos ODSs 3 e 6. A primeira diz respeito a saúde e bem-estar e a segunda abrange água potável e saneamento. Ela defende que todas as instituições parceiras trabalhem conjuntamente. "Sabemos o Paraná que queremos em 2030 e  estamos trabalhando para que isso aconteça sem deixar ninguém para trás", salientou Keli Guimarães. O evento contou com demonstrações de ferramentas que vêm sendo desenvolvidas entre as instituições parceiras, como Copel, Sanepar, Celepar, Cedes, Ipardes, Virtú e Associação dos Municípios do Paraná (AMP). O encontro contou com a participação de Secretários de Estado, servidores do TCE-PR, entre eles a equipe responsável pelas Contas de Governo de 2017, representantes da Organização Mundial da Família e do Global Cities Program, ambos vinculados à ONU. Autor: Diretoria de Comunicação Social Fonte: TCE/PR

Nenhum comentário: