PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9977-1422

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Governo reforça importância da vacina contra o HPV

No Outubro Rosa, o Governo do Estado reforça a importância da vacina contra o HPV na prevenção do câncer do colo do útero. A vacina está disponível em mais de 2 mil unidades de saúde de todo o Estado para meninas de 9 a 14 anos, 11 meses e 29 dias e para meninos de 11 a 14 anos, 11 meses e 29 dias. “A adesão a campanha de vacinação contra o HPV continua baixa. A população ainda não compreendeu a importância dessa vacina, que vai proteger nossos jovens contra vários tipos de cânceres no futuro, principalmente o câncer de colo do útero, que matou 713 mulheres no Paraná apenas em 2016”, enfatiza o chefe do Centro estadual de Epidemiologia, João Luís Crivellaro. DUAS DOSES – Para garantir a imunização completa, são necessárias duas doses da vacina com um intervalo de seis meses entre as aplicações. No Paraná, a campanha tem, em média, 40% de adesão na primeira dose. Com as duas doses, a vacina tem uma eficácia de 98%, entretanto, o retorno à unidade de saúde para a segunda dose é ainda menor, com apenas 20% de adesão. Crivellaro explica que a principal barreira é o desconhecimento. “Os pais têm que entender que a vacina é uma proteção, um presente para o futuro. Da mesma maneira que a criança é vacinada na infância contra doenças que podem ocorrer na vida adulta, ela deve ser vacinada na adolescência contra o HPV”, orienta. As crianças e adolescentes que já receberam uma dose da vacina podem completar o esquema vacinal para garantir sua imunidade, mesmo que já tenha ultrapassado o período de seis meses da aplicação da primeira dose. LEIA MAIS

Nenhum comentário: