PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9977-1422

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Evento gratuito de incentivo à leitura chega a Marilândia do Sul nesta quarta-feira (4)

Oficina-Performance “Dom Quixote entre Cartas”, do Programa “Ler é uma Viagem”, garante três horas de convivência com a leitura e a escrita que transformam nossas práticas leitoras.
Considerada o caminho mais importante para a educação, a leitura precisa ser não apenas estimulada, mas repensada de forma a promover novos recursos para desenvolver a curiosidade e a paixão pelos livros. Para isso, nesta quarta-feira, dia 4, a cidade de Marilândia do Sul recebe a Oficina-Performance “Dom Quixote entre Cartas”. Parte do Programa “Ler é uma Viagem”, o evento possui o objetivo de oferecer a pessoas educadoras, artistas, mediadoras de leitura e outras que estejam interessadas na sua formação leitora, a oportunidade de conhecer melhor o “espírito quixotesco”, viajando pelos caminhos fantásticos da obra de Miguel de Cervantes, acompanhados da leitura em voz alta e música ao vivo, executadas por um elenco composto por arte-educador, atriz, músico e fotógrafa do Programa. Como funciona a oficina: Segundo a idealizadora, a oficina-performance consiste em uma apresentação da obra máxima de Miguel de Cervantes, seguida de uma contextualização dos dois volumes que contam as aventuras de Dom Quixote e Sancho Pança. “Durante o encontro, convidamos a plateia a participar da leitura compartilhada de diversos trechos, e a encenar uma das suas aventuras”, explica. Élida também conta que, após toda essa sensibilização, os participantes têm vinte minutos para escrever uma carta. “E para encerrar temos o livre compartilhamento dessas cartas”, completa. A obra Dom Quixote, escrita há mais de 400 anos por Miguel de Cervantes, é considerada um símbolo mundial do amor pelos livros e do poder transformador da leitura. No livro, o autor brinca com as histórias de cavalaria que faziam muito sucesso na Idade Média. Mas, ao invés de cavaleiros fortes e corajosos, Cervantes nos apresenta um herói diferente: na faixa dos cinquenta anos, vive fazendo trapalhadas e quase sempre se dá mal. Com base nisso, a oficina “Dom Quixote Entre Cartas” promete conduzir uma viagem pela obra do autor espanhol, oferecendo aos professores a oportunidade de mergulhar nessa experiência como autores de suas próprias aventuras.
Sobre o Ler é uma Viagem - O Ler é uma Viagem é um programa de incentivo à leitura que, desde 2003, desenvolve sessões de leitura com música ao vivo para estimular o prazer da descoberta do texto entre crianças, jovens e adultos de todo o Brasil. Através de projetos temáticos patrocinados (Hans Christian Andersen, Guimarães Rosa, e agora, Dom Quixote), já realizou mais de 600 apresentações, atingiu mais de 7.000 professores e mais de 35.000 estudantes em escolas e bibliotecas públicas. O Programa apresenta-se em diversos formatos, mas sempre pensados a partir do conceito intimista de uma sessão de leitura compartilhada entre, no máximo, 60 pessoas. “O projeto oferece um ambiente de imersão nos textos que estimula a escuta, a identificação, a criatividade e também possibilita que os professores compartilhem ferramentas pedagógicas para dar continuidade à experiência com os alunos depois, em sala de aula”, explica a idealizadora do projeto Élida Marques. Neste ano o programa inaugurou uma Sala de Leituras em Itu/SP, cidade sede do Ler é Uma Viagem, desde 2009. Lei de incentivo e apoios - Aprovado pela Lei Rouanet, do Ministério da Cultura, o projeto “Dom Quixote Entre Cartas” tem o apoio do Instituto CCR e da CCR AutoBAn, além das empresas ADERE e SABIC. E conta ainda com apoio cultural do Museu Republicano “Convenção de Itu”, do Museu Paulista/USP. A parceria com o Grupo CCR começou em 2009. Até 2015 foram 99 cidades visitadas, em três estados (SP, RJ e PR); mais de 2.000 crianças nas atividades em leituras e mais de 3.300 educadores nas oficinas. Este ano, com apoio da Agência Villa 7, duas novas empresas acreditaram em nossos sonhos: Adere e SABIC. Para incentivar novas empresas a fazerem novos aportes, não só em nosso projeto, mas em toda a rede de leis de incentivo, executamos todas as ações de modo transparente e dentro das legalidades previstas em contratos e editais. E, desde 2015, nossos projetos tem o Selo Iniciativa Verde, através da consultoria ambiental da Cinema Verde.

Nenhum comentário: