PARA CONTATOS ADICIONE O EMAIL: studiowj@hotmail.com OU (43) 9 9977-1422

domingo, 1 de outubro de 2017

EVENTO - Apresentação cultural no vale do ivaí

Prêmio Arte Paraná leva “A Loucura de Isabella” para Ortigueira, Barbosa Ferraz, Godoy Moreira e Nova Tebas
O Prêmio Arte Paraná é uma iniciativa da Secretaria da Cultura que visa valorizar as manifestações artísticas tradicionais e populares do Estado fazendo-as circular por municípios do interior e, assim, democratizando o acesso à produção local. Em sua edição 2017, o Prêmio selecionou mais de 20 espetáculos de Circo, Dança, Música e Teatro. Entre as montagens prestigiadas está uma das mais recentes produções de commedia dell’arte da premiada companhia Arte da Comédia. A peça “A Loucura de Isabella” vai se apresentar nas cidades de Ortigueira, Barbosa Ferraz, Godoy Moreira e Nova Tebas com entrada franca. Uma indígena chamada Isabella abandona o seu marido, um coronel autoritário que a sequestrou antes do matrimônio. A motivação é o charme de um jovem burguês chamado Horácio, filho de um rico empreendedor. Para viver a sua nova paixão, Isabella não terá que lidar apenas com a fúria do coronel, a moça ainda deve enfrentar a sedução de Flaminia, antiga namorada de Horácio, e a dificuldade do rapaz em manter a sua palavra. O enredo acima se desenrola em meio a uma divertida trama que compõe o espetáculo “A Loucura de Isabella”. Quem prestigiar as apresentações promovidas pelo Prêmio Arte Paraná nas praças do interior do Estado ficará por dentro do inusitado desfecho. A montagem é baseada em um canovaccio italiano de Flaminio Scala traduzido e adaptado pelo diretor artístico do grupo Arte da Comédia, Roberto Innocente. O diretor ainda adapta os tipos cômicos da peça, próprios da sociedade italiana do século XVII, para a realidade cultural brasileira. “A Loucura de Isabella, além de ser um clássico da comédia mundial datado de 1600, é uma obra que, entre outros temas, fala sobre o valor da palavra e do compromisso, algo tão difícil de encontrar nos dias de hoje, tanto entre a sociedade de forma geral, quanto entre a classe política”, declara Roberto Innocente. LEIA MAIS

Nenhum comentário: